Gov.br quer se tornar app de autenticação, como Facebook e Google

1 min de leitura
Imagem de: Gov.br quer se tornar app de autenticação, como Facebook e Google
Imagem: Serpro/Reprodução
Avatar do autor

O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) pretende integrar a autenticação digital do gov.br com a outros serviços do mercado, como já funcionam o Facebook e Google em diversos sites, afirma o presidente do órgão, Gileno Gurjão Barreto.

O app oficial do governo federal possui mais de 110 milhões de usuários cadastrados e oferece mais de 5 mil serviços de 200 órgãos públicos. Para 2022, a expectativa é que todos os órgãos do governo estejam integrados à plataforma, facilitando o uso de funções conectadas pelo público.

“Nossas soluções estão mudando a forma como a população tem as suas necessidades atendidas”, avalia Barreto. Desde 2018, o Serpro investiu mais de R$ 1 bilhão em soluções de TI de transformação digital e segurança da informação do Estado brasileiro. Os recursos foram aplicados para modernização da infraestrutura e a redução da obsolescência.

Serviços oferecidos

O Brasil se destaca entre as nações que oferecem melhores serviços públicos digitais. Em um ranking elaborado pela Organização das Nações Unidas (ONU), o país ocupa a primeira posição na América do Sul e a segunda nas Américas, além de estar colocado entre os melhores 20 países no segmento.

Por meio de acesso único, gov.br oferece mais de 500 serviços públicos digitais. (Fonte: Serpro/Reprodução)Por meio de acesso único, gov.br oferece mais de 500 serviços públicos digitais. (Fonte: Serpro/Reprodução)Fonte:  Serpro/Reprodução 

Entre os principais parceiros da Serpro está a Receita Federal. Recentemente, a instituição apresentou novidades como a declaração pré-preenchida de Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) e um assistente virtual para esclarecer dúvidas. As inovações reduziram o tempo gasto para o preenchimento das obrigações tributárias, passando de dias para algumas horas.

O Serpro é responsável pela Carteira Digital de Trânsito, lançada em 2018, e pelo documento digital de automóveis. Recentemente, a transferência de veículos passou a ser realizada de forma totalmente digital, além de serviços, como indicação do principal condutor do veículo, consulta ao histórico de emissão da CNH, compartilhamento do CRLV e consulta de infrações.

Outro serviço desenvolvido recentemente que merece destaque é o Embarque + Seguro. Com o uso de reconhecimento facial, a apresentação de documentos em papel é dispensada para realizar o embarque em sete aeroportos brasileiros.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.