Usar serviço público digital foi difícil para 45% dos brasileiros

1 min de leitura
Imagem de: Usar serviço público digital foi difícil para 45% dos brasileiros
Imagem: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Avatar do autor

Uma pesquisa publicada nesta quinta-feira (18) pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) mostra que 45% dos brasileiros encontrou alguma dificuldade para acessar e utilizar corretamente algum serviço digital fornecido pelo governo no último ano.

O relatório mediu o nível de satisfação e a capacidade de uso de diversas ferramentas, incluindo tópicos como cadastro de empresas, registros de BOs (boletins de ocorrência), alterações cadastrais em órgãos públicos e consultas em bases abertas de dados.

O manuseio digital do auxílio emergencial pago pelo Governo Federal durante alguns meses de 2020 também entrou na avaliação. Um dos objetivos da pesquisa era entender se os serviços públicos migraram com sucesso para o digital durante a pandemia da covid-19, período de fechamento de instituições e migração de serviços para a internet.

Satisfeito ou não?

De acordo com a pesquisa, relatada pela Folha de São Paulo, 85,5% das pessoas teve "pouca dificuldade" na adaptação ao digital e 53% dos entrevistados demonstraram satisfação com os serviços oferecidos a nível estadual.

A região Norte foi a que registrou o maior grau de avaliação positiva (62%), enquanto o Sudeste ficou em último (50%). Em Minas Gerais, 60% dos entrevistados falou que teve dificuldades de acesso, em questões que envolvem desde conexão estável até dificuldade de uso das plataformas.

Além disso,  apenas 40% dos entrevistados sentiu segurança na proteção de dados dos governos estaduais. Ao todo, foram entrevistadas 13.250 pessoas entre os meses de outubro a dezembro de 2020.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Usar serviço público digital foi difícil para 45% dos brasileiros