Ações da Apple atingem valor histórico após rumores do iPhone 13

1 min de leitura
Imagem de: Ações da Apple atingem valor histórico após rumores do iPhone 13
Imagem: Unsplash
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

O preço das ações da Apple bateu um novo recorde nessa segunda-feira (30), após uma alta de 2,75%. No fechamento do dia, cada ação da gigante de Cupertino era negociada por US$ 153,12, o equivalente a R$ 787,36 pela cotação de hoje, em conversão direta.

Com esse valor, os papéis da Maçã superaram o recorde anterior, que havia sido registrado no início de agosto, quando chegaram a ser negociados por US$ 151,12 (R$ 777,07). Desde o início do ano, o valor das ações da companhia subiu 18,32%, com as maiores altas acontecendo em meio a rumores envolvendo a big tech.

Um dos mais recentes é sobre a possibilidade de o iPhone 13 contar com comunicação via satélite, supostamente permitindo realizar chamadas mesmo sem sinal de celular. Movimento parecido já havia acontecido dias depois que a empresa anunciou as novas políticas da App Store, como lembra o Apple Insider.

Rumores sobre a próxima versão do iPhone têm movimentado o mercado.Rumores sobre a próxima versão do iPhone têm movimentado o mercado.Fonte:  Pexels 

O que também teria influenciado a alta das ações é a especulação a respeito do aumento do valor pago pela Google para ter o seu buscador como padrão nos dispositivos da Apple. Conforme estimativas do mercado, a quantia pode subir para US$ 15 bilhões, um aumento de 50% em relação aos US$ 10 bilhões pagos anteriormente.

Valor de mercado

Após as ações da empresa registrarem uma nova alta recorde, o valor de mercado da Apple chegou a US$ 2,53 trilhões (R$ 13 trilhões), superando os US$ 2 trilhões alcançados no ano passado. Com isso, ela ultrapassou a marca dos US$ 2,5 trilhões de capitalização pela primeira vez, algo que só a petrolífera Saudi Aramco havia feito.

E a previsão de analistas do mercado financeiro é que a marca apresente mais crescimento ainda em 2021. O aumento deve ser turbinado, principalmente, pelo lançamento da nova geração do iPhone, previsto para setembro, contribuindo para o aumento das vendas.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.