Apple atinge valor de mercado recorde de US$ 2 trilhões

1 min de leitura
Imagem de: Apple atinge valor de mercado recorde de US$ 2 trilhões
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

A Apple agora vale US$ 2 trilhões. Esse é o número alcançado pela empresa na abertura do mercado nesta quarta-feira (19), tornando-se a primeira companhia dos Estados Unidos a atingir esse número total.

O valor de mercado foi atingido após uma nova alta registrada nas ações, negociadas a US$ 468 no momento da produção desta matéria — e ainda em alta, especialmente após a notícia do recorde batido. No final de agosto, os papéis terão o valor fracionado para aumentar a quantidade de possíveis investidores, o que pode fazer o número disparar.

Essa conquista não é impressionante apenas pelo pico atingido, mas também pela velocidade. A Apple chegou ao valor de US$ 1 trilhão apenas em 2018, sendo a primeira empresa de tecnologia a atingir tal feito — ela tem o capital aberto há 40 anos. No início de agosto deste ano, ela já dava indícios de que atingiria o novo teto ao valer mais que PIB brasileiro. Como uma das consequências da valorização, o atual CEO, Tim Cook, tornou-se bilionário.

A expectativa agora é em saber quais são as as próximas marcas do setor também situadas nos Estados Unidos e que podem chegar aos US$ 2 trilhões. No páreo estão Amazon, Microsoft e Alphabet, todas já no mesmo patamar trilionário.

Apple atinge valor de mercado recorde de US$ 2 trilhões