Preço de CPUs e GPUs deve subir com novo reajuste da TSMC

1 min de leitura
Imagem de: Preço de CPUs e GPUs deve subir com novo reajuste da TSMC
Avatar do autor

Nesta semana, o site Digitimes relatou que a fabricante de componentes eletrônicos Taiwan Semiconductor Manufacturing Co.mais conhecida como TSMC, aumentará substancialmente seus custos de produção. Ao que parece, tanto os processos tecnológicos mais populares quanto os mais avançados serão afetados em razão da crescente demanda. Por consequência, é esperado um aumento significativo no preço final de CPUs, GPUs e controladores comuns.

Neste contexto, a gigante taiwanesa pretende aumentar o custo de produção de semicondutores fabricados na arquitetura de 7 nm em cerca de 10%; enquanto processos mais espessos, como o de 16 nm, serão afetados em 20% a partir do próximo mês de dezembro. Considerando os rendimentos da TSMC no 2° trimestre deste ano, as mudanças podem representar um lucro estimado em US$ 2,62 bilhões (R$ 13,73 bilhões em conversão para a nossa moeda).

Por outro lado, ainda não é possível estimar o quanto os aumentos no custo de produção afetarão os preços finais para o consumidor. Porém, como sugere o site Tom's Hardware, presume-se que empresas com um catálogo de produtos "mais caros", como a Apple, serão menos afetadas pelos novos valores. Enquanto isso, fabricantes de CPUs e chipsets, como a AMD e Qualcomm, terão de incorporar o custo ou aumentar seus preços para não operar em desvantagem.

Rendimentos da TSMC por tecnologia e plataforma, respectivamente, no segundo trimestre de 2021. (Fonte: Tom's Hardware, TSMC / Reprodução)Rendimentos da TSMC por tecnologia e plataforma, respectivamente, no 2° trimestre de 2021. (Fonte: Tom's Hardware, TSMC / Reprodução)Fonte:  Tom's Hardware, TSMC 

Demanda sem precedentes

Influenciada pela recente quarentena em razão da covid-19, a demanda por semicondutores atingiu sua alta histórica nos últimos meses. Nesse cenário atípico, as fabricantes precisam aumentar seu ritmo de produção para atender às entregas, tipicamente sacrificando rotinas de manutenção — algo que pode danificar os equipamentos e maquinários.

Por esse motivo, é comum as empresas adotarem o aumento de seus custos para cobrir os possíveis riscos. Contudo, para a TSMC, que está sempre expandindo suas capacidades de produção, o aumento de preços também significa uma maior margem de lucro.

Similarmente, o caso não é exclusivo da taiwanesa, como explica o Digitimes: além da TSMC, as fabricantes GlobalFoundries, Powerchip Semiconductor Manufacturing (PSMC), Semiconductor Manufacturing International (SMIC) e United Microelectronics (UMC) aumentaram seus custos de produção por conta da alta demanda de semicondutores.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.