Pentágono cancela contrato de US$ 10 bilhões com a Microsoft

1 min de leitura
Imagem de: Pentágono cancela contrato de US$ 10 bilhões com a Microsoft
Imagem: Wikimedia Commons
Avatar do autor

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos cancelou oficialmente um contrato de fornecimento de serviços de armazenamento na nuvem que teve a licitação vencida pela Microsoft. A empresa foi oficializada como ganhadora do acordo de US$ 10 bilhões do projeto JEDI Cloud, promovido pelo Pentágono, em outubro 2019, mas não sem algumas polêmicas.

Agora, o Pentágono reiniciou os procedimentos: a instituição transformou o plano em um novo contrato de múltiplos compradores e vai buscar propostas conjuntas de Microsoft e Amazon, estando disposto ainda a ouvir eventuais interessados que consigam atingir os requisitos necessários. A ideia é que a nova decisão seja definitiva, especialmente pela atual demora em prosseguir com o projeto.

Idas e vindas

Em 2018, havia uma terceira interessada na jogada, mas a Google desistiu de competir pelo projeto JEDI Cloud e foi considerada incapaz de fornecer a estrutura necessária. Por outro lado, a Amazon, que foi vencida, acusou o então presidente dos EUA, Donald Trump, de favorecer a rival na escolha.

Nos tribunais, o processo seguiu adiante em abril deste ano com parecer favorável à acusação da Amazon — o que provavelmente influenciou na recente movimentação do governo.

A empresa celebrou a nova decisão do Pentágono em um comunicado, enquanto a Microsoft falou que respeita a decisão e que a segurança do país é mais importantes que os contratos.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.