Apple pode ser proibida de importar o Watch Series 6 para os EUA

1 min de leitura
Imagem de: Apple pode ser proibida de importar o Watch Series 6 para os EUA
Imagem: Apple/Divulgação
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Masimo abriu um novo processo contra a Apple nos Estados Unidos, nessa quinta-feira (30). Agora, a empresa de tecnologia médica solicitou à Comissão de Comércio Internacional dos EUA (ITC) que proíba a importação do Apple Watch Series 6 para o país.

Segundo a Masimo, a tecnologia de oxímetro do relógio inteligente teria sido copiada de projetos dela. Ela alega a infração de cinco patentes de aparelhos que usam a luz para detectar o nível de oxigênio no sangue, recurso essencial para os seus negócios.

“A Apple comercializa fortemente esse recurso no Watch Series 6 para dar ao relógio a aparência de um dispositivo médico”, disse a empresa no processo. Apesar disso, a Maçã “avisa aos usuários que as medições da função não devem ser consideradas para fins médicos”, continuou a autora da ação.

O oxímetro chegou ao Watch em 2020.O oxímetro chegou ao Watch em 2020.Fonte:  Apple/Divulgação 

Com base na última informação, a dona da tecnologia pediu a proibição da importação do smartwatch para o mercado americano, pois a oximetria de pulso do relógio não funcionaria como a de um aparelho médico. A empresa entende que o público não será afetado pelo banimento do dispositivo.

Roubo de segredos comerciais

No processo anterior, iniciado em 2020, a Massimo acusou a Apple de roubar segredos comerciais e violar patentes. Além disso, afirmou que a gigante de Cupertino estaria tentando atrasar a disputa nos tribunais enquanto aumenta as vendas do Watch.

O caso está em análise pelo Escritório de Marcas e Patentes dos EUA e não tem prazo para conclusão. Apesar de negar as acusações, a Maçã pode entrar em acordo com a empresa do setor médico e pagar a ela royalties de US$ 50 milhões a US$ 300 milhões anuais, conforme a Bloomberg.

Em relação à nova ação, que deve ser concluída pelo ITC entre 15 e 18 meses, a dona do iPhone ainda não se pronunciou.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Apple pode ser proibida de importar o Watch Series 6 para os EUA