Fundador da Huawei confirma que empresa vai focar em software

1 min de leitura
Imagem de: Fundador da Huawei confirma que empresa vai focar em software
Imagem: Huawei
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A fabricante chinesa Huawei fará uma mudança radical no planejamento estratégico da companhia. Em breve, ele deve iniciar um foco em software.

A informação foi obtida pela Reuters, que teve acesso a um documento interno escrito pelo fundador e CEO da companhia, Ren Zhengfei. Ele chama a equipe a "desafiar o mundo" nesse novo segmento, sem detalhar exatamente quais medidas serão tomadas e a partir de que momento isso será implementado.

Além disso, isso não significa que a fabricante deixará o setor de dispositivos de lado: o smartphone top de linha Huawei P50, por exemplo, deve ser anunciado em breve. A marca é ainda uma das líderes em telecomunicações, inclusive na implementação do 5G em algumas regiões.

Sanções em andamento

A Huawei ainda é uma das maiores fabricantes do mundo em smartphones, mas tem visto a boa fase ameaçada com o andamento das sanções impostas pelo governo dos Estados Unidos — sem a previsão de que a administração de Joe Biden encerre as limitações assinadas pelo antecessor, Donald Trump.

Ao ser listada como marca suspeita de espionagem governamental, além de não ter produtos bem-vindos em território norte-americano, a Huawei perdeu importantes parcerias com fornecedoras e distribuidoras de serviços e componentes para seus produtos — incluindo o uso do ecossistema Android.

Absorvendo conhecimento

Ainda segundo Ren, a equipe deve "absorver nutrientes" a partir de comunidades de código aberto e trabalhar com softwares que passam longe do formato tradicional de licenciamento. O objetivo inicial é dominar mercados em Europa, Ásia e África, para não depender de eventuais negociações com os EUA.

Como parte da reconstrução em software, a fabricante deve apostar cada vez mais no seu sistema operacional próprio, o HarmonyOS, além de sistemas para carros autônomos já em fase de testes e o Mindspore, uma plataforma de inteligência artificial e armazenamento na nuvem.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes

Fundador da Huawei confirma que empresa vai focar em software