LG deve oficializar fim da divisão de celulares na semana que vem

1 min de leitura
Imagem de: LG deve oficializar fim da divisão de celulares na semana que vem
Imagem: Android Authority
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Após diversos rumores apontando o fim da divisão de celulares da LG, a fabricante sul-coreana deve oficializar sua saída do mercado de smartphones na semana que vem. Um novo vazamento reforçou especulações divulgadas pela Bloomberg indicando que a companhia vai formalizar sua desistência do setor mobile no começo de abril.

De acordo com um perfil no Twitter identificado como Tron, que é conhecido por realizar vazamentos, a LG oficializará o fim de sua divisão mobile em 5 de abril, próxima segunda-feira. A empresa vai formalizar o fechamento da divisão mobile na Coreia do Sul e desmantelar integralmente o setor que emprega cerca de 3 mil pessoas atualmente.

LG Wing, celular de duas telas da LG.LG Wing, celular de duas telas da LG.Fonte:  Android Authority 

Na próxima semana, a empresa também deve revelar informações sobre como vai prosseguir com as atualizações para celulares já disponíveis no mercado. Além disso, a fabricante possivelmente trará detalhes sobre o futuro do LG Rollable, o último esforço da companhia no mercado de dispositivos móveis.

E no Brasil?

A LG possui uma fábrica de celulares no Brasil localizada em Taubaté, São Paulo, e os funcionários já estão se mobilizando por causa dos rumores sobre o fechamento. Segundo estima o Sindicato dos Metalúrgicos, cerca de 400 empregos devem ser afetados na fábrica brasileira.

Fábrica de celulares da LG em Taubaté, São Paulo.Fábrica de celulares da LG em Taubaté, São Paulo.Fonte:  G1/TV Vanguarda 

O órgão aprovou estado de greve na sexta-feira (26) e entrou em contato com a companhia para realizar negociações. "A empresa atendeu o sindicato e começamos a conversar", disse o presidente Claudio Batista, em entrevista ao G1. "Agora vamos discutir com a fábrica possibilidades e alternativas para a questão."

A fábrica de Taubaté é utilizada para a construção de smartphones e monitores. A LG ainda possui instalações em Manaus com foco na montagem de eletrodomésticos.

De acordo com informações do Korea Times divulgadas na semana passada, é possível que os funcionários da divisão mobile no Brasil sejam remanejados para outros setores da fábrica. O mesmo movimento deve acontecer no Vietnã, país em que a LG também monta celulares e outros eletrônicos.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
LG deve oficializar fim da divisão de celulares na semana que vem