81% dos trabalhadores querem continuar em home office, diz estudo

1 min de leitura
Imagem de: 81% dos trabalhadores querem continuar em home office, diz estudo
Imagem: Pexels/Reprodução
Avatar do autor

Um pesquisa realizada pela Universidade Harvard Business School descobriu que 81% das pessoas que estão em home office em razão da pandemia de covid-19 preferem continuar trabalhando remotamente ou em um sistema híbrido após o fim da crise sanitária.

Participaram do estudo 1.500 mil pessoas, das quais 27% esperam que o trabalho se mantenha remoto e 61% almejam a adoção de um sistema híbrido, com trabalho presencial de 2 a 3 dias.

Apenas 18% dos entrevistados querem retornar ao escritório de modo integral. Os pesquisadores descobriram, inclusive, que pessoas casadas ou com filhos em casa eram mais suscetíveis a escolherem essa opção.

a  Pexels/Reprodução 

"Enquanto estamos nos preparando para voltar aos negócios normais, parece que os profissionais não querem "os negócios de sempre'", afirmou o diretor executivo online da Harvard Business School, Patrick Mullane, em um comunicado. "Eles querem flexibilidade por parte de seus empregadores para manterem um novo equilíbrio entre trabalho/casa e a produtividade". Conforme a pesquisa, 1 em cada 3 entrevistados sentiram uma melhora de performance em relação a 2019.

A pesquisa também abordou o tema vacinação. Ao serem questionados sobre o retorno ao sistema presencial, 51% dos entrevistados afirmaram que querem estar vacinados quando isso ocorrer, enquanto 71% deles não mencionaram a vacinação, mas a implementação de distanciamento nos escritórios, assim como o uso de máscaras.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes