Huawei pode vender divisão de celulares Honor por US$ 3,7 bilhões

1 min de leitura
Imagem de: Huawei pode vender divisão de celulares Honor por US$ 3,7 bilhões
Imagem: Honor
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A fabricante chinesa Huawei está em negociações para vender a Honor, subsidiária independente responsável por smartphones de menor custo. Segundo a agência de notícias Reuters, diversas companhias estariam interessadas na aquisição, que pode chegar a US$ 3,7 bilhões.

O principal interessado é o grupo de investimentos Digital China Group, que já é o atual distribuidor dos celulares da Honor. Caso a negociação seja finalizada, a empresa pode levar o direito da marca, estruturas de pesquisa e desenvolvimento e os negócios de cadeias de produção. Até as rivais Xiaomi e TCL foram citadas como possíveis interessadas.

A Honor é uma marca elogiada internacionalmente e tem um portfólio que inclui ainda smartwatches e notebooks, mas não se sabe se esses produtos estariam inclusos na negociação. A separação faz parte de uma reestruturação nas estratégias da Huawei: a fabricante sofre com as sanções aplicadas pelo governo dos Estados Unidos — que impede a negociação com várias companhias ocidentais e limita o alcance de mercado — e deve optar por focar apenas em celulares de alto custo.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.

Fontes

Huawei pode vender divisão de celulares Honor por US$ 3,7 bilhões