Fortnite: Google tenta invalidar processo antitruste da Epic Games

1 min de leitura
Imagem de: Fortnite: Google tenta invalidar processo antitruste da Epic Games
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A briga entre Apple e Epic Games continua a todo vapor, mas a Google parece disposta a tomar outro rumo na disputa judicial contra a desenvolvedora de Fortnite.

Os advogados da Google fizeram um pedido na corte responsável pelo julgamento para invalidar o processo movido — o que pode encerrar a disputa antes mesmo de ela formalmente começar.

O argumento principal da Google é que o processo envolvendo Fortnite no Android não deve ser julgado junto com a ação contra o iOS. A companhia argumenta que os modelos de negócios de ambas são bem diferentes e que eles não devem ser levados de forma equivalente. Essa estratégia provavelmente envolve uma tentativa de escapar de penas maiores, já que a Google Play Store, ao contrário da App Store, permite o carregamento de softwares por fora (via APK) e libera a instalação de lojas terceirizadas.

A luta contra a Epic Games

Além disso, a Google concordou que processos antitruste envolvendo o Android sejam julgados de forma conjunta. A empresa tem ao menos dois grandes processos abertos em 2020 nos Estados Unidos por desenvolvedoras de aplicativos para Android envolvendo acusações de monopólio e estrangulamento da concorrência.

Segundo o FOSS Patents, ambos os casos devem ser julgados somente em 2021, mas é possível que a Apple seja a primeira a comparecer aos tribunais — especialmente se o pedido de invalidação e separação dos casos for aceito.

A Epic Games processou a Google no mesmo embalo das disputas contra a Apple, após o jogo Fortnite ser banido de ambas as plataformas por tentar monetizar em cima de microtransações sem passar pelas lojas digitais das empresas, que exigem uma taxa de 30% sobre o preço de qualquer aquisição. O caso contra a Maçã é mais grave e o aplicativo nem será mais atualizado em dispositivos iOS com conteúdo das próximas temporadas.

Fortnite: Google tenta invalidar processo antitruste da Epic Games