Napster: lendário serviço é vendido para empresa de streaming

1 min de leitura
Imagem de: Napster: lendário serviço é vendido para empresa de streaming
Imagem: Napster
Avatar do autor

O Napster está de casa nova. O programa de download de músicas, que há 21 anos revolucionou o compartilhamento de arquivos pela internet e gerou um debate interminável sobre pirataria, foi vendido para um serviço de streaming do Reino Unido. Por um total de US$ 70 milhões, a plataforma agora pertence à empresa MelodyVR.

A negociação envolve a aquisição completa da Rhapsody, empresa que é dona dos direitos da plataforma (agora legalizada) de streaming de músicas. O conglomerado RealNetworks, que controlava ambas as marcas, seguirá em atividade.

Ao todo, a negociação envolve US$ 70 milhões, mas nem tudo isso significa o valor de mercado do Napster. Desta soma, US$ 26,3 milhões serão usados na aquisição em dinheiro e ações, enquanto os cerca de US$ 44 milhões restantes vão para "obrigações futuras de pagamento com distribuidores de música e gravadoras" — ou seja, dívidas atuais e que serão geradas.

Experiência diferente

A MelodyVR é uma companhia especializada em transmitir shows e outros eventos musicais a partir de realidade virtual, criando um ambiente imersivo que chamou atenção durante a pandemia. Como registrou uma receita baixa durante 2019, a startup conseguiu um investimento de última hora de US$ 15 milhões via mercado de ações, o que permitiu o levantamento de fundos para fechar o negócio.

Segundo o TechCrunch, a MelodyVR acredita que ainda há espaço para nomes no mercado, mesmo dominado por gigantes como Apple e Spotify, mas ainda não revelou como usará o nome e os serviços do Napster.

Napster: lendário serviço é vendido para empresa de streaming