Epic vence batalha contra Apple, mas guerra está apenas começando

1 min de leitura
Imagem de: Epic vence batalha contra Apple, mas guerra está apenas começando
Imagem: https://www.epicgames.com/store/pt-BR/news/epic-games-publishing-announcement?lang=pt-BR&sessionInvalidated=true
Avatar do autor

A Apple não poderá encerrar o suporte do iOS ao SDK do Unreal Engine, ao menos em decisão temporária, tomada nesta terça-feira (25), pela juíza Yvonne Gonzalez Rogers. Segundo a Epic Games, a Apple pretendia encerrar as contas de desenvolvedor que a companhia mantém na plataforma da Maçã na próxima sexta-feira (28), além de restringir o uso do Unreal Engine por desenvolvedores de plataformas da fabricante do iPhone.

Fortnite continua banido

A situação entre as duas companhias vai continuar como está. A juíza entendeu que a Epic violou as políticas da App Store intencionalmente, e, por isso, a Apple pode manter o Fortnite fora de sua loja de aplicativos. Segundo Rogers, com a quebra de contrato, a Epic causou uma “perturbação no status quo” entre as duas empresas.

Agora, pela mesma necessidade de se manter a harmonia entre as plataformas de desenvolvimento, principalmente em relação a empresas e desenvolvedores terceiros, a Apple não pode tomar uma decisão tão severa. “A Epic Games e a Apple têm a liberdade de litigar entre si, mas sua disputa não deve causar estragos aos espectadores”, argumentou a juíza.

Disputa judicial entre Epic e Apple está apenas no início.Disputa judicial entre Epic e Apple está apenas no início.Fonte:  The Geek/Reprodução 

Em audiência na segunda-feira (24), antes da decisão, a juíza já tinha demonstrado intenção de favorecer o Unreal Engine, devido à sua importância para a indústria de jogos. A plataforma de desenvolvimento é utilizada por inúmeras companhias parceiras da Epic, além de desenvolvedores independentes, que mantêm jogos em sistemas Apple.

A própria Microsoft havia se pronunciado a favor da Epic Games, com relação ao SDK do Unreal Engine, que também é utilizado pela gigante de tecnologia, inclusive, para desenvolver um de seus jogos que rodam no iOS.

Nova audiência em 28 de setembro

A decisão da juíza Rogers tem escopo limitado, e visa impedir que a disputa entre a Epic Games e a Apple cause impactos irreversíveis a terceiros.

Uma nova audiência foi marcada para o dia 28 de setembro, quando argumentos mais detalhados deverão ser apresentados por ambas as companhias.

Epic vence batalha contra Apple, mas guerra está apenas começando