Microsoft quer zerar desperdícios em suas operações até 2030

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft quer zerar desperdícios em suas operações até 2030
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

A Microsoft anunciou, ontem (4), uma meta bastante ambiciosa em relação a se tornar uma empresa mais alinhada com a proteção ao meio ambiente: alcançar zero desperdício até o ano de 2030, para as suas operações diretas, embalagens e produtos.

Uma das iniciativas da gigante de Redmond para atingir tal objetivo é a criação de “Centros Circulares” em seus data centers. Eles permitirão a reutilização ou a reciclagem de pelo menos 90% dos equipamentos eletrônicos existentes nestes locais, como os servidores, em vez de enviá-los para terceiros.

O piloto deste projeto foi instalado na unidade da companhia em Amsterdã, na Holanda, possibilitando aumentar consideravelmente a reutilização dos componentes, além de reduzir os custos com transportes e as emissões de carbono. A ideia da dona do Windows é instalar as estações de reciclagem nos seus principais campi de data centers. No vídeo abaixo, a empresa demonstra o funcionamento deste sistema:

Vale lembrar que a Microsoft já havia anunciado, em janeiro deste ano, a meta de tornar as emissões de carbono negativas até o início da próxima década, removendo mais gases do que produz. Neste casos, os planos incluem ainda a tarefa de reduzir todas as emissões de poluentes já lançadas por ela até 2050.

Outras iniciativas

Além da instalação dos centros circulares, a Microsoft prometeu eliminar o uso de plásticos descartáveis em embalagens até 2025, para reduzir o impacto deste tipo de lixo nos oceanos e cursos de água, e digitalizar os dados de resíduos, para ajudar a entender melhor os resultados das decisões tomadas e medir o seu progresso.

Entre as medidas, também foi anunciado o investimento de US$ 30 milhões na Closed Loop Partners, empresa especializada em bens de consumo sustentáveis e tecnologias inovadoras de reciclagem.

A companhia ainda se comprometeu a compartilhar o aprendizado adquirido durante a jornada em busca do desperdício zero com seus clientes e parceiros e a capacitar seus funcionários, que são parte importante do processo.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
Microsoft quer zerar desperdícios em suas operações até 2030