Apple declara que não é dominante em nenhum mercado

1 min de leitura
Imagem de: Apple declara que não é dominante em nenhum mercado
Imagem: Olhar Digital
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Apple negou as acusações sobre seu domínio de mercado nesta terça-feira (30) e declarou que enfrenta forte concorrência em todas as categorias. A empresa, que está sob investigações antitruste da União Europeia, ainda garantiu que respeita e promove a competição no mercado em que atua.

O processo teve início no começo deste mês, quando a Comissão Europeia abriu investigações sobre a App Store e o sistema de pagamento móvel Apple Pay. "Competimos com uma grande variedade de empresas: Google, Samsung, Huawei, Vivo, LG, Lenovo e muitas outras", afirmou o chefe da App Store e do Apple Media Services, Daniel Matray, em um evento online.

Regras anticoncorrenciais

A União Europeia está investigando se as regras da App Store são anticoncorrenciais, uma vez que impedem desenvolvedores de informar os usuários sobre sites e lojas online que vendem produtos mais baratos. Matray se manifestou em defesa da App Store, garantindo que as regras se aplicam a todos os desenvolvedores de modo igualitário.

"De fato, a Apple não tem uma posição dominante em nenhum mercado, e enfrentamos forte concorrência em todas as categorias: tablets, dispositivos móveis, computadores de mesa e notebooks, mapas, músicas, pagamentos, mensagens e muito mais", afirmou.

Restrições no sistema de pagamento

Os investigadores também estão analisando os termos e as condições da Apple no serviço de pagamento Apple Pay e como ele é utilizado nos aplicativos e sites de comerciantes, além do fato de a empresa impedir que rivais acessem o sistema. "Nos quase 12 anos desde que a App Store foi lançada, a melhor medida de seu sucesso é o dinamismo que desencadeou e o estado da economia de aplicativos hoje", afirmou Matray, defendendo que a loja aumentou a concorrência em vez de prejudicar os rivais.

Fontes

Apple declara que não é dominante em nenhum mercado