Elon Musk acusa Amazon de monopólio e pede o fim da empresa

1 min de leitura
Imagem de: Elon Musk acusa Amazon de monopólio e pede o fim da empresa
Imagem: Wikimedia Commons
Avatar do autor

Em apoio a um escritor que alega ter sido censurado pela Amazon, Elon Musk criticou a gigante do e-commerce por meio do seu perfil oficial no Twitter, nesta quinta-feira (4), falando em monopólio e pedindo o fim da empresa.

Na postagem, em que respondia ao escritor Alex Berenson, o CEO da SpaceX escreveu o seguinte, mencionando o fundador da companhia: “Isso é loucura @JeffBezos”. Em um novo tweet, na sequência, ele aumentou o tom: “Hora de acabar com a Amazon. Monopólios são errados!”, concluiu.

Os comentários de Musk surgiram após Berenson compartilhar, na rede social, uma captura de tela da mensagem enviada pela Amazon a ele, na qual a empresa afirmava que a publicação de sua autoria não cumpria as diretrizes para venda. Por esse motivo, o título acabou sendo excluído da plataforma.

A obra em questão é Verdades não relatadas sobre Covid-19 e Lockdowns - Parte 1: Introdução de contagens e estimativas de morte. Nela, o ex-repórter do The New York Times faz críticas às medidas de distanciamento social para conter a disseminação do novo coronavírus e sugere que o número de mortes não é tão grande quanto relatada pelas autoridades, especialmente entre as crianças e os mais jovens.

Musk e as polêmicas sobre o coronavírus

Desde o início da pandemia, o CEO da Tesla tem se envolvido em algumas polêmicas quando o assunto é a covid-19. Ele já menosprezou os riscos do Sars-CoV-2 e tem criticado as recomendações de isolamento da população com frequência, entre outras situações.

Apesar disso, Musk chegou a afirmar que poderia colocar suas fábricas para produzir respiradores para hospitais, caso houvesse a falta destes equipamentos na rede de saúde.

Com relação ao livro de Berenson, a Amazon afirmou ao Business Insider que a obra foi removida por engano. O título será reintegrado ao catálogo da companhia, conforme a publicação.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Elon Musk acusa Amazon de monopólio e pede o fim da empresa