Musk promete fabricar respiradores se houver escassez

1 min de leitura
Imagem de: Musk promete fabricar respiradores se houver escassez
Imagem: (Fonte: VisualHunt)
Avatar do autor

Apesar de não encerrar as operações de algumas de suas fábricas, Elon Musk se mostra solidário à crise internacional de Covid-19. Em um tweet publicado hoje (19), o CEO da Tesla afirmou que fabricará respiradores hospitalares se estes estiverem em falta nos hospitais.

Alguns pacientes infectados com o novo coronavírus precisam utilizar essas máquinas por várias horas todos os dias. O aparelho é responsável por auxiliar a respiração, sendo capaz de amenizar a forte dificuldade respiratória comum na doença. Infelizmente, há poucos aparelhos disponíveis em hospitais de vários países.

Quando questionado por outro perfil no Twitter, Musk respondeu que usará as fábricas da Tesla para atender à demanda pelo produto. "Nós vamos fazer mais respiradores se houver escassez", disse. Ao ser avisado de que a situação já é grave, Musk pediu o nome dos hospitais necessitados: "Respiradores não são complicados, mas não podem ser produzidos instantaneamente. Quais hospitais estão sofrendo com escassez agora?", questionou.

E não seria algo específico da Tesla. A Reuters aponta que a Ford e a GM também devem redirecionar suas linhas de produção para o abastecimento de hospitais. As fabricantes já estão em discussão com governos para reconhecer as necessidades e como a parceria poderia ser concretizada.

Ademais, uma recente atualização revela que as atividades nas fábricas Tesla devem ser reduzidas consideravelmente para viabilizar a quarentena dos funcionários.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Musk promete fabricar respiradores se houver escassez