Amazon mudará Prime Day 2020 para setembro

1 min de leitura
Imagem de: Amazon mudará Prime Day 2020 para setembro
Avatar do autor

Segundo o Wall Street Journal, a Amazon deve mudar o Prime Day 2020 para setembro, devido ao alto volume de pedidos durante a pandemia do coronavírus. O evento anual de ofertas e frete grátis no site da varejista ocorre durante 48 horas de julho em várias partes do mundo, incluindo o Brasil.

A situação é enfrentada pela companhia desde março, quando restringiu suas operações temporariamente ao envio de produtos essenciais, para cuidados médicos e domésticos, nos EUA e Europa.

Isso teria gerado a projeção de perda de US$ 100 milhões por excesso de outras mercadorias. Assim, a ideia é de compensar a venda desses itens com preços reduzidos durante a Prime Day de setembro.

Em julho de 2019, a Amazon faturou cerca de US$ 7 bilhões somente com os dois dias de promoção. Por enquanto, não está claro se o calendário será alterado no Brasil.

Amazon diz ter ampliado medidas de combate à covid-19 em atividades internas.Amazon diz ter ampliado medidas de combate à covid-19 em atividades internas.Fonte:  Amazon/Divulgação 

Jeff Bezos mais rico

O aumento da demanda por causa da pandemia no primeiro trimestre foi positivo para Jeff Bezos, cujo patrimônio líquido acumulou o extra de US$ 25 bilhões no período. Com isso, o CEO da Amazon passou a ter riqueza avaliada em US$ 140 bilhões (duas vezes maior que a de Mark Zuckerberg).

Veja tambémJeff Bezos deve se tornar o 1º trilionário do planeta em 2026

Contudo, a trajetória da gigante varejista durante a crise foi marcada por polêmicas no setor trabalhista. Funcionários a acusaram de não adotar medidas de segurança no combate à covid-19, além de baixa remuneração.

Alguns deles ainda fizeram manifestações públicas sobre o assunto e foram demitidos, sob a justificativa de “violarem políticas de isolamento social”. Depois do episódio, a empresa diz ter lançado um plano de contenção interna da doença, com investimento de US$ 4 bilhões.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Amazon mudará Prime Day 2020 para setembro