Razer usa vending machines para distribuir máscaras gratuitamente

1 min de leitura
Imagem de: Razer usa vending machines para distribuir máscaras gratuitamente
Imagem: Divulgação
Avatar do autor

A Razer pode ser conhecida por seus produtos voltados ao mercado gamer, mas resolveu assumir o controle de outra área: a companhia anunciou que implantará vending machines em Singapura para disponibilizar máscaras gratuitamente. Os planos incluem 20 equipamentos espalhados pelo país até o fim do mês.

Uma vez que a base de operações da companhia está justamente por lá, trata-se de uma estratégia para evitar o pior em sua terra natal: Singapura está enfrentando uma segunda onda de contaminações por coronavírus, com mais de 23 mil casos já confirmados. É preciso apenas baixar o aplicativo de carteira digital da empresa, escanear o código QR e retirar uma unidade.

Ainda de acordo com a Razer, máscaras já estão sendo produzidas, mas o objetivo é dobrar o ritmo para abastecer o maior número possível de pessoas. Inicialmente, 5 milhões estão previstas. Assim que o programa começar, mais locais podem receber os equipamentos conforme a demanda.

Críticas e compromisso

Respondendo às críticas de que estaria se aproveitando da situação para expandir sua rede de usuários, Min-Liang Tan, CEO da companhia, explica: “É a única maneira de assegurar que não haja cobrança. Estamos financiando todo o processo e gostaríamos de garantir que não haja fraudes”.

Em 24 de abril, a Razer declarou que enviou mais de 1 milhão de máscaras para o mundo todo.

Min-Liang Tan, CEO da Razer.Min-Liang Tan, CEO da Razer.Fonte:  Divulgação 

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Razer usa vending machines para distribuir máscaras gratuitamente