Anatel fará audiência pública sobre 5G em 12 de março

1 min de leitura
Imagem de: Anatel fará audiência pública sobre 5G em 12 de março
Avatar do autor

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou a data para a realização da audiência pública sobre o Leilão do 5G. De acordo com um comunicado que foi publicado no Diário Oficial ontem, o evento está marcado para o dia 12 de março e acontecerá das 14h30 até às 17h30 na sede do órgão em Brasília - DF (Miniauditório, SAUS Quadra 6, Bloco E, 2º andar).

A cerimônia permitirá que membros da sociedade civil opinem sobre o Edital de Licitação que vai leiloar as faixas de frequência de 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz para que empresas implementem o 5G no Brasil. Segundo a Anatel, a audiência traz a possibilidade da sociedade se manifestar sobre a consulta pública iniciada pelo órgão em 12 de fevereiro, que está aberta para colaborações online até o dia 2 de abril.

(Fonte: Anatel/Reprodução)

A realização da audiência é o próximo grande passo no andamento do edital aprovado pela Anatel em fevereiro, que inclui um período de consulta pública de 45 dias. Segundo define a agência de telecomunicações, esta será a maior licitação de faixas de frequência da história do órgão.

Solução para as parabólicas

Enquanto o andamento dos planos de trazer o 5G não estavam indo para frente em 2019, parece que a Anatel está conseguindo superar as dificuldades que impediam a chegada da novidade por aqui. Uma das barreiras a serem superadas é o fato de que o novo padrão de conexão vai interferir no sinal das antenas parabólicas. No começo desse ano, as operadoras e canais de TV firmaram uma acordo sobre o assunto. Além disso, a agência de telecomunicações disse, na divulgação do edital, que criará um grupo para viabilizar soluções para o problema, que levarão em conta as ideas coletadas na consulta pública.

Além de trazer o 5G para o Brasil, o edital também promete expandir a conexão de internet no país. As empresas que vencerem a licitação terão o compromisso de aumentar a infraestrutura de banda larga fixa e também levar acesso aos serviços de conexão móvel para cidades pequenas e locais com menos interesse comercial. As regras foram estipuladas pela Anatel no Plano Estrutural de Redes de Telecomunicações (PERT), aprovado pela agência no ano passado.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Anatel fará audiência pública sobre 5G em 12 de março