Samsung fecha principal loja na China devido ao coronavírus

1 min de leitura
Imagem de: Samsung fecha principal loja na China devido ao coronavírus
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Preocupados com o surto do coronavírus, a Samsung decidiu fechar temporariamente sua loja conceito em Xangai, na China. Segundo a fabricante sul-coreana, o espaço de 800 metros quadrados deve retornar às atividades no dia 9 de fevereiro. Contudo, a data pode ser adiada devido à situação crítica no país.

Inaugurada em outubro de 2019, a Samsung Experience Store é a maior revenda da marca na China. Em poucos meses, o local se destacou por apresentar uma forma diferente de vender tablets, smartphones e outros produtos da companhia.

No momento, a Samsung não é a única empresa a tomar essa atitude em território chinês. A Apple também anunciou recentemente que vai fechar todas as lojas e os escritórios da marca americana no país devido a rápida disseminação do coronavírus.

Possivelmente, nos próximos dias, outras fabricantes devem anunciar medidas parecidas como uma forma de proteger a saúde dos colaboradores do vírus mortal.

Imagem da loja conceitual da Samsung em Xangai, na China. (Fonte: Sammobile.com/Reprodução)

Impacto na distribuição global de smartphones

A ação de fechar as lojas no território chinês, como fez a Samsung e a Apple, é apenas um reflexo do problema causado pelo surto de coronavírus no mercado de smartphones. Especialistas acreditam que a epidemia pode prejudicar a distribuição global dos aparelhos.

Devido ao surto, diversos fabricantes de suprimentos na China paralisaram parcial ou totalmente suas operações. Desta forma, o cronograma, que já estava atrasado por conta das comemorações do ano novo chinês, foi prejudicado ainda mais.

Segundo a agência de notícias sul-coreana Yoanhap News, estima-se que a paralisação pode causar uma queda de 2% nos suprimentos globais de smartphones. Além disso, a China é responsável pela fabricação de 70% de todos os aparelhos vendidos no planeta.

Com isso, diversas marcas como a Apple, a Huawei e a Xiaomi, podem ter sua produção e distribuição global afetada por conta do vírus. Por outro lado, parte dos produtos da Samsung não serão afetados, porque eles não são produzidos na China.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Samsung fecha principal loja na China devido ao coronavírus