Amazon é acusada de esconder registros de acidentes de trabalho

1 min de leitura
Imagem de: Amazon é acusada de esconder registros de acidentes de trabalho
Avatar do autor

Uma investigação recente aponta que a Amazon tentava impedir a ação de técnicos de segurança do trabalho em seus depósitos até o ano de 2015. Uma reportagem conjunta do The Atlantic e do Reveal (Center for Investigative Reporting) mostra inúmeras falhas de segurança nos depósitos da Amazon nos EUA, e também as tentativas da companhia de diminuir o número de vítimas registradas.

A Amazon queria impedir que os casos chegassem à mídia

De acordo com a reportagem, em pelo menos uma dúzia de casos, a Amazon tentou impedir que os casos de acidentes chegassem à mídia, impondo restrições a ex-funcionários, os quais eram avisados de que só poderiam ter acesso aos seus registros de acidente enquanto trabalhavam na empresa.

Em outros casos, quando a Amazon forneceu os registros, disse que eles deveriam ser tratados como informações confidenciais, e que, portanto, deveriam ser mantidas em segredo.

Fonte: Reveal News/Jason Raish/Reprodução

Os ex-gerentes de segurança da empresa disseram que havia uma política de tentativa para diminuir o número de casos de acidentes registrados antes de 2015.

O caso mais grave

Ainda, segundo a reportagem, o caso mais grave envolveu o investigador da OSHA (Agência do Departamento de Trabalho dos EUA), John Stallone.

Stallone investigava um caso de morte em um dos depósitos da Amazon no estado de Indiana, quando recebeu ordem de seu superior para que o relatório fosse manipulado de tal forma que culpasse o funcionário falecido por sua própria morte, ao invés do que Stallone havia concluído até então, que seria por insuficiência de treinamento adequado.

Houve até um encontro entre Stallone, o Comissário do Trabalho de Indiana-EUA, Rick Ruble, e o governador do estado, Eric Holcomb. Ruble, então, lembrou a Stallone sobre a importância da capital, Indianapolis, poder receber as instalações de uma nova sede da Amazon, e que, se fosse de sua vontade, ele poderia renunciar do caso.

Stallone acabou desistindo, mas fez uma denúncia à OSHA por meio de um email compartilhado com o Reveal.

No final, o registro oficial culpa o empregado por sua própria morte, mas a Amazon não construiu a nova sede na capital de Indiana.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Amazon é acusada de esconder registros de acidentes de trabalho