Exchange Bitrue sofre ataque hacker e perde US$ 4,2 milhões em criptomoedas

1 min de leitura
Imagem de: Exchange Bitrue sofre ataque hacker e perde US$ 4,2 milhões em criptomoedas
Avatar do autor

Nesta quinta-feira (27), a exchange Bitrue, de Cingapura, foi invadida por hackers, e o equivalente a US$ 4,2 milhões foi roubado em moedas digitais XRP e Cardano.

Cerca de 90 usuários foram lesados no ataque, tendo suas criptomoedas transferidas para outras carteiras. Ao todo, foram desviados 9,3 milhões de XRP e 2,5 milhões de Cardano. No entanto, a Bitrue informou que o problema foi identificado rapidamente e a situação já foi normalizada, embora a exchange ainda leve um tempo para começar a permitir acessos novamente. Os clientes prejudicados terão suas moedas devolvidas.

Agora, a Bitrue realizará uma inspeção de emergência e reavaliará suas políticas de segurança antes de voltar a operar normalmente.

Chega a ser alarmante o número de ataques a exchanges, mesmo com toda a segurança em torno das operações baseadas em tecnologia blockchain. No mês de maio, a Binance, uma das maiores empresas mundiais do setor, sofreu perda de US$ 40 milhões. Na Europa, outra exchange não divulgada perdeu US$ 27 milhões ao longo de vários meses de ataques.

Novo pico de valorização

O ataque à Bitrue ocorreu em um momento em que as criptomoedas atingiram um novo pico de valorização em 2019. Nas últimas horas do dia 26 de junho, 1 Bitcoin chegou a valer US$ 13,7 mil. De acordo com a CoinMarketCap, o valor total de mercado de todas as moedas digitais, atualmente, é de US$ 345 bilhões — mais que o dobro do valor de 3 meses atrás.

Do fim do dia 26 para o fim do dia 27, houve baixa de valorização. No momento, o Bitcoin está operando em queda de 13,85%, cotado a US$ 11,16 mil. O XRP e o Cardano operam em queda de 12,54% e 11,49%, respectivamente, sendo cotados a US$ 0,408 e US$ 0,086.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Exchange Bitrue sofre ataque hacker e perde US$ 4,2 milhões em criptomoedas