Imagem de: FedEx diz que devolveu pacotes da Huawei por 'problema operacional'

FedEx diz que devolveu pacotes da Huawei por 'problema operacional'

1 min de leitura
Avatar do autor

A fabricante chinesa Huawei experimentou mais algumas consequências da briga comercial entre China e Estados Unidos. Além de ter pacotes com documentos comerciais devolvidos para o país asiático sem conseguir chegar ao escritório da marca, ela agora acompanhou o caso de smartphones que não foram entregues aos destinatários.

Segundo a agência de notícias Reuters, a empresa de transporte FedEx confirmou que os aparelhos foram barrados. Porém, o motivo seria um "erro operacional", e não uma ordem política de impedir a entrada de aparelhos chineses no país. O consumidor em questão é um jornalista britânico que mora nos Estados Unidos e precisava do dispositivo para fazer uma análise.

A FedEx pediu desculpas e afirmou que produtos da Huawei comprados fora do país serão entregues normalmente em endereços estadunidenses. Entretanto, se o local a ser entregue for uma filial da Huawei ou outra companhia que atualmente está na lista de "não confiáveis", o pacote será devolvido ao remetente.

Huawei responde

A fabricante não curtiu a atitude da FedEx e falou que marcas norte-americanas devem ser "racionais" a respeito do banimento de marcas do país, já que não cabe a ela julgar a ação. Segundo jornais locais, é bem possível que a empresa entre na lista de empresas não confiáveis da China e perca o contrato de entregas com a Huawei.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
FedEx diz que devolveu pacotes da Huawei por 'problema operacional'