Em meio ao conflito entre Huawei e EUA, a companhia chinesa está acusando a empresa de entregas norte-americana FedEx de desviar pacotes que tinham a China como destino para os Estados Unidos. De acordo com a Huawei, que divulgou a denúncia para a agência de notícias Reuters, pelo menos dois itens que deveriam ter sido entregues em escritórios da companhia na Ásia foram levados para os EUA.

Um porta-voz da Huawei disse que os pacotes continham documentos comerciais, mas não tinham nenhum tipo de tecnologia. Ainda segundo a empresa chinesa, eles foram enviados de um escritório da empresa no Japão com destino à China, mas acabaram indo parar nos EUA. A Huawei também acusa a FedEx de tentar desviar outros dois pacotes que saíram do escritório da Huawei no Vietnã.

A FedEx diz que o desvio para os EUA foi um erro e deve ser tratado como um caso isolado. A divisão da empresa que opera na China afirmou que não sofreu “pressões externas” para mudar o destino das entregas e está trabalhando com a Huawei para devolver os itens. Em vez de serem mandados para a China, os documentos seguiram com destino ao escritório da Huawei na cidade de Memphis, no estado do Tennessee.

A Huawei fez uma reclamação formal ao serviço postal da China e o órgão vai investigar o incidente. A empresa diz que só percebeu que seus itens enviados do Japão foram parar nos EUA quando checaram o rastreamento de entrega disponibilizado pela FedEx.