Imagem de: Retorno à Lua pode custar até US$ 30 bilhões, avisa NASA

Retorno à Lua pode custar até US$ 30 bilhões, avisa NASA

1 min de leitura
Avatar do autor

A pedido de Donald Trump, a agência espacial dos Estados Unidos (NASA) já demonstrou suas intenções de enviar astronautas para o satélite natural da Terra novamente até 2024 e também já calculou o valor estimado necessário para tornar esse objetivo uma realidade: segundo estimativas, isso pode custar entre US$ 20 bilhões e US$ 30 bilhões.

Em entrevista à CNN, o administrador da agência, Jim Bridenstine, revelou que a estatal precisará dessa quantia ao longo dos próximos 5 anos para conseguir colocar o plano em prática. Isso significa que a NASA precisa de aproximadamente US$ 6 bilhões a mais por ano do que o orçamento atual previa.

Bridenstine salienta que esse valor não é final porque ir para o espaço é muito imprevisível e gastos adicionais podem ser necessários. O projeto Artêmis, nomeado em homenagem à deusa grega da Lua, quer levar dois astronautas de volta à superfície da lua pela primeira vez em 50 anos, entre eles uma mulher que será a primeira a pisar no solo lunar.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Retorno à Lua pode custar até US$ 30 bilhões, avisa NASA