Magazine Luiza contra-ataca Centauro com nova proposta pela Netshoes

3 min de leitura
Imagem de: Magazine Luiza contra-ataca Centauro com nova proposta pela Netshoes
Avatar do autor

As últimas semanas têm sido agitadas na disputa entre Magazine Luiza e Centauro pela compra da Netshoes. Quando o negócio já estava bem encaminhado para o encerramento, o Grupo SBF, dono da Centauro, aumentou ontem (12) a proposta para US$ 114,9 milhões — 23,3% a mais que os US$ 93 milhões oferecidos pela Magazine Luiza. Mas hoje (13), a queda-de-braço continua com mais uma oferta.

Aprovação do CADE e do conselho de acionistas agiliza o processo para a Magazine Luiza, que pode vencer a disputa pela agilidade de finalização da compra

Agora a Magazine Luiza sobe o montante para iguais 114,9 milhões, com US$ 3,70 por ação — o valor anterior era US$ 3. A razão de igualar e não superar o que a Centauro propôs se dá devido a uma boa vantagem: “o conselho de administração da Netshoes reiterou, por unanimidade, sua recomendação de que os acionistas da Netshoes votem favoravelmente à aprovação da operação”, afirmou a Magazine Luiza, em comunicado emitido nesta quinta-feira (12).

netshoesFonte: Magazine Luiza

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), que regula o setor, também já aprovou a transação. E como a Netshoes opera no vermelho há anos, essa agilidade é vista com bons olhos pelos executivos, que se reúnem amanhã (14) em assembleia para bater o martelo. Mas… ainda há tempo para uma reviravolta, como podemos ver abaixo.

Centauro conquista importante “vitória” junto ao CADE

Ontem (12), porém, a Centauro também conseguiu dar um importante passo para continuar na disputa. De acordo com o Infomoney, o CADE inicialmente teria dito que vai analisar a compra da Netshoes pelo grupo SBF em um prazo de 30 dias — o que também aceleraria a finalização da transação.

Além da proposta já feita, de US$ 114,7 milhões, pesa a favor da Centauro a promessa de injeção imediata de US$ 120 milhões no caixa do comércio eletrônico — o que poderia reestruturar todas as operações e reanimar o comércio eletrônico da companhia.

Extraoficialmente, informações de bastidores dão conta de que a Magazina Luiza entrará com uma ação junto ao CADE que usa de uma prerrogativa capaz de impedir essa manobra da Centauro. Caso isso aconteça, o processo de aprovação levaria cerca de 4 meses.

Acompanhamos o que acontece então nas próximas horas. Após a decisão do conselho de acionistas da Netshoes, a negociação pode ser concluída na próxima quarta-feira (19).

Entenda o caso

Para quem chegou agora ou perdeu o fio da meada, anota aí: a Netshoes abriu o capital na Bolsa de Nova York em 2017 e captou US$ 140 milhões. Ela vem dando prejuízo há algumas temporadas e no ano passado teve perdas de R$ 332,4 milhões. A empresa precisa de caixa para continuar funcionando e quase no final de 2018 já sinalizava com a possibilidade de venda.

No dia 29 de abril, a Magazine Luiza disse ter firmado acordo para compra, por cerca de US$ 62 milhões (US$ 2/ação). Em meados de maio, a Centauro entrou na jogada com proposta de US$ 87 milhões (US$ 2,80/ação).

Três dias depois, a Magalu fez uma contraproposta, com aumento de 50% sobre sua oferta inicial, e chegou a US$ 93 milhões (US$ 3/ação). A Centauro foi além e voltou com US$ 108,7 milhões (US$ 3,5/ação), mais um aporte imediato de US$ 70 milhões para reestruturar as operações.

nethoesFonte: Centauro

Na semana passada, com a aprovação do CADE, a Magazine Luiza tinha como certa a aquisição, pois os acionistas também já haviam concordado — é preciso de mais de 2/3 do total para isso. A resposta seria dada amanhã, em assembleia. Mas, como vimos, muita coisa já aconteceu esta semana.

Vale destacar que as ações NETS subiram bastante com toda essa movimentação. No começo de tudo, valiam US$ 2,65 e agora chegam a US$ 3,85, com alta de quase 32% em 45 dias.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Magazine Luiza contra-ataca Centauro com nova proposta pela Netshoes