A Uber anunciou de uma só vez que dois executivos de altos cargos na empresa estão de saída. O COO (chefe de operações) Barney Harford e a CMO (chefe de marketing) Rebecca Messina não farão mais parte da companhia de transporte privado.

De acordo com a CNN, a decisão é parte de uma reestruturação na companhia, que mudou a hierarquia de alguns cargos e fez alterações administrativas. Isso é possivelmente um reflexo do mal desempenho da Uber na bolsa de Nova York: há um mês, a companhia estreou com avaliação abaixo do esperado e ainda não conseguiu chegar aos números desejados com a oferta pública de ações.

Entretanto, segundo o CEO da empresa, Dara Khosrowshahi, as duas demissões são justificadas. A saída de Harford (que aparece na foto do topo deste matéria) teria partido do lado dele e porque o próprio chefe executivo entendeu que é hora de participar mais das decisões e operações da empresa de perto e diariamente. Assim, a necessidade de um COO estaria eliminada.

Rebecca Messina. (Fonte da imagem: Reprodução/Forbes)

Já Messina, que estava há nove meses no cargo e trabalhou no setor de marketing da Coca-Cola por 21 anos, foi desligada porque as equipes de comunicações, marketing e políticas serão combinadas em um único setor. Ele agora será liderado por Jill Hazelbaker, uma veterana da empresa.