Apple pode adotar telas OLED em todos os iPhones a partir de 2020

1 min de leitura
Imagem de: Apple pode adotar telas OLED em todos os iPhones a partir de 2020
Avatar do autor

De acordo com uma reportagem do Wall Street Journal, a Apple deve abandonar as telas de LCD e adotar as de OLED para todos os modelos de iPhone, a partir de 2020.

As telas de OLED têm aparecido cada vez mais em aparelhos top de linha, geralmente por apresentar uma qualidade de imagem superior à do LCD e consumir menos bateria.

A partir de 2019, as telas de OLED devem se tornar ainda mais necessárias no segmento móvel, já que um dos aparelhos mais esperados do ano, o Samsung Galaxy S10, deve trazer a câmera frontal embutida na tela, fazendo uma espécie de semiburaco no local da lente. E sabemos que a Samsung costuma criar tendências.

Nesse sentido, o LCD não permite esse tipo de câmera, pois requer um componente de backlight independente. Já no OLED, os pixels são iluminados individualmente, permitindo que a tela possua irregularidades sem distorcer as imagens.

Considerando que a Apple deve parar de usar o notch em 2020, uma câmera embutida na tela se torna uma opção bem viável, e é aí que o OLED se torna quase indispensável. A companhia também vem testando a tecnologia de microLED como possível substituta do LCD.

A Japan Display, maior fornecedora de telas LCD da Apple, deve começar a se preparar, caso a notícia seja confirmada. Os pedidos da Apple representam cerca de metade da receita da JD. A companhia tinha pretensão de começar a fabricar telas OLED neste ano, mas a Apple ainda mantém contratos com a Samsung e a LG para o fornecimento desse tipo de tela. Segundo o The Wall Street Journal, a JD já estaria buscando novas parcerias, a fim de manter suas finanças em dia após seu possível desligamento da Maçã.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Apple pode adotar telas OLED em todos os iPhones a partir de 2020