Huawei quer dominar o mundo e está no caminho para fazer isso. A companhia impôs uma meta agressiva para esta e as próximas temporadas e, depois de alcançar a expressiva marca de 100 milhões de aparelhos distribuídos em julho e roubar o segundo lugar da Apple entre as maiores fabricantes do mundo, está prestes a bater mais uma meta de respeito.

A expectativa é de que até o dia 25 a chinesa consiga entregar os prometidos 200 milhões de smartphones, tanto de seu próprio portfólio quanto da subsidária Honor. Em 2017, a empresa já tinha registrado 157 milhões de unidades.

A notícia deixa as concorrentes Apple e Samsung com certa preocupação. A nova fornada de iPhones não foram tão bem quanto o esperado e os Galaxy S9 também ficaram com números abaixo das expectativas dos analistas. Além disso, com a investida de outras chinesas, a exemplo da XiaomiOppo e OnePlus, tem causado uma mudança de status global na liderança do setor de smartphones.

huaweiFonte: South China Morning Post

Quem também fica com o cabelo em pé com a ascensão da Huawei são os Estados Unidos, que já vêm liderando um grupo para conter o avanço da fabricante com a chegada do 5G. As restrições impostas pelo país e episódios como a prisão da diretora da Meng Wanzhou vêm escalando a guerra comercial e tecnológica com a China rapidamente nos últimos meses.

Ou seja, 2019 promete uma disputa ainda mais acirrada entre a Samsung e a Apple contra as chinesas. E a Huawei fica a cada dia mais perto do topo.

Cupons de desconto TecMundo: