Você já deve ter ouvido falar dos carros elétricos, considerados tendências no que se refere a perspectivas do futuro. Agora, a Ford decidiu recolher mais de 50 mil cabos de carregamento tanto dos veículos elétricos quanto dos híbridos. O motivo? A segurança dos usuários, uma vez que surgiram riscos de incêndios.

A empresa já foi notificada a respeito de casos isolados desse tipo e liberou um comunicado oficial informando que os cabos originais utilizados em tomadas danificadas ou com desgastes podem resultar em aumentos excessivos de temperatura, que podem resultar em incêndios. Contudo, a Ford não informou quantos aconteceram especificamente ou a natureza dos incidentes.

 

Os cabos de 120 volts que serão recolhidos foram vendidos para alguns modelos específicos de veículos, como Ford Focus Electrics, Fusion energis e C-Max Energis.

Os donos de cabos que foram afetados pelo problema serão informados da questão por email e receberão outros com uma espécie de termostato. Assim, o carregamento do carro será interrompido pelo próprio cabo se detectar a ocorrência de temperaturas altas, como uma forma de ajudar a aumentar a segurança dos usuários.

Esses incidentes não são tão recentes assim: há aproximadamente 1 ano, o modelo Ford C-Max Energis estava sendo carregado na garagem da casa de uma família, quando algum problema ocorreu e causou um incêndio. Recentemente, outro acidente semelhante ocorreu na mesma área.