Durante o Google I/O, a companhia informou sobre o uso de machine learning em todos os seus produtos, além de ser considerada uma tecnologia que melhora a vida dos usuários.

Agora, o Google detalhou melhor sobre tais mudanças, o anúncio foi feito na terça-feira (10), durante o Google Marketing Live, evento que tem como intuito divulgar novas ferramentas e formatos de negócio da plataforma. Entre as novidades estão os anúncios da rede de pesquisa e do YouTube, bem como as campanhas locais.

Os anúncios da rede de pesquisa foram uma das primeiras ofertas da Google; agora, com os novos anúncios de pesquisa responsivos, é possível criar campanhas flexíveis, alcançar mais clientes em potencial e aumentar o desempenho do grupo de anúncios ao atrair cliques e conversões adicionais que os anúncios de texto não costumam capturar. Além disso, segundo testes realizados, essa nova abordagem aumenta o número de cliques em 15% e deve ser lançada para todos os anunciantes nos próximos meses.

Outro recurso divulgado foi o Campanhas Locais, criado com o objetivo de ampliar as visitas às lojas físicas de varejo; afinal, de acordo com pesquisas, “as pessoas ainda fazem a maioria de suas compras em lojas físicas”. Para isso, a Google vai otimizar automaticamente seus anúncios em todas as propriedades para atrair mais clientes para as lojas de quem utiliza a ferramenta.

O YouTube é uma ferramenta de publicidade importante para a companhia, visto que muitos consumidores costumam usar vídeos como inspiração e fonte de informações sobre compras, sejam elas grandes ou pequenas. Agora, com o novo recurso “Maximize lift”, será possível segmentar pessoas que poderão levar em consideração as marcas anunciadas após o vídeo. “Os lances inteligentes serão impulsionados pelo aprendizado da máquina. Ela os ajusta de maneira automática no momento do leilão para maximizar o impacto dos anúncios em vídeo”, segundo a Google.

Cupons de desconto TecMundo: