TIM ativa rede 4G na faixa 700 MHz no Rio, em Curitiba e em Goiânia

2 min de leitura
Imagem de: TIM ativa rede 4G na faixa 700 MHz no Rio, em Curitiba e em Goiânia
Avatar do autor

TIM ativou a rede de quarta geração (4G) na frequência de 700 MHz nas cidades do Rio de Janeiro, de Curitiba e Goiânia, passando dos 1 mil municípios que operam nessa frequência. Além da 700MHz, TIM já opera nas faixas de 1800 MHz e 2600 MHz no 4G, e também oferece todos os aparelhos do portfólio atual já habilitados para a frequência de 700 MHz.

A ativação desta frequência é essencial para o contínuo incremento da performance da rede 4G e para o processo de digitalização do país

"A ativação da frequência 700 MHz nestas cidades é mais um passo na evolução da oferta de rede da TIM e na nossa busca em proporcionar a melhor experiência e os melhores serviços para nossos clientes. Ultrapassar a marca de 1.000 municípios operando nesta faixa é uma consequência do investimento que a operadora tem feito em infraestrutura e demonstra a importância estratégica que a exploração do 700 MHz tem para a TIM. A ativação desta frequência é essencial para o contínuo incremento da performance da rede 4G e para o processo de digitalização do país", conta o VP de Tecnologia da TIM Brasil Leonardo Capdeville.

Indo mais longe

No começo deste ano, a TIM anunciou que prevê o investimento de R$ 12 bilhões no triênio 2018-2020 e a companhia pretende ampliar ainda mais a rede 4G chegando a mais de 4 mil cidades até 2020 e alcançando 96% da população urbana coberta, levando a cobertura de fibra a três milhões de casas no Brasil e ativando a tecnologia de quarta geração na frequência de 700 MHz em todas as cidades.

Hoje, mais de 80% do tráfego gerado nos smartphones dos clientes do Rio de Janeiro vem da tecnologia de quarta geração

A TIM foi a primeira a utilizar a agregação de três frequências (1.800 MHz, 2.600 MHz e 700 MHz, nos locais onde já houve a ativação), melhorando principalmente a experiência indoor de navegação móvel de seus usuários.

Mais velocidade

Hoje, mais de 80% do tráfego gerado nos smartphones dos clientes do Rio de Janeiro vem da tecnologia de quarta geração, que contam com uma velocidade mais alta e uma latência menor (tempo de resposta de dados mais curta).

A expansão da rede permite que a empresa ative soluções como a voz em HD (VoLTE), hoje existente em 1,5 mil cidades. O VoLTE garante chamadas em alta definição de voz e sem ruídos. Isso é especialmente importante para a TIM pois permite cobrir com voz áreas em que sua rede 3G não alcança.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
TIM ativa rede 4G na faixa 700 MHz no Rio, em Curitiba e em Goiânia