Na última semana, a Samsung convidou jornalistas de vários países da América Latina para demonstrar seu catálogo de produtos 2018 no Samsung Fórum, em Roma. O evento contou com pouca coisa inédita, mas deu uma boa mostra da visão da companhia para o futuro dos investimentos na região e também sobre suas apostas para o mercado de internet da coisas. Basicamente, eles querem te vender um celular, depois um computador, uma TV, lavadora, geladeira e quando você perceber, vai estar conversando com a Bixby.

Em Roma, faça como os… Coreanos?

Tirando o S9, que chegou no domingão pré-MWC, a marca apresentou TVs, uma geladeira inteligente, lavadoras, caixas de som e também sua visão para o futuro. A marca sul-coreana vai seguir a tendência atual e investir tudo na assistente virtual Bixby e no app Connect para fazerem o meio de campo entre você e sua casa. A Samsung ainda promete que todos os seu produtos vão se conversar até 2020. Yep, daqui dois anos.

Yoon LeeYoon Lee, head de inovação da empresa comentou o futuro da internet das coisas

Todos os caminhos levam a IoT

Afinal, por que mesmo a empresa resolveu jogar a Bixby numa treta que já tem Google, Amazon, Apple e Microsoft? Bom, segundo o head de inovação da Samsung América, Yoon Lee, o approach sul-coreano é mais interessante, já que usa o seu celular (e os seus dados que são tipo um DNA) e um bocado de IA para dar contexto a sua interação. Ou seja, não é mais conversar com seu speaker, é ele saber o tipo de música que você curte pela manhã para acordar e por aí vai.

As pessoas perguntam a razão para termos criado a Bixby e a resposta é que precisamos da Bixby porque ela é construída com base no DNA do seu celular e não em uma plataforma de compras ou buscador

Para ajudar a popularizar a Bixby, a Samsung está ensinando português e espanhol para a assistente virtual. Os hermanos devem conversar com ela ainda nesse semestre. Já os brasileiros devem ter que esperar um pouco mais. A expectativa de alguns executivos presentes no evento é algo próximo do final do ano.

Mezzo smart TV, mezzo “tutti altre cose”

Em 2018, a empresa quer aproveitar a Copa do Mundo (aquele evento esportivo que nem para o Brasil) para vender smart TVs a rodo. Só na América Latina, a Samsung estima um crescimento de 7,5% nas vendas - batendo cerca de USD 8,3 bilhões em receita na região. Quem puxa a fila são os televisores UHD (de ultra alta definição) entre 55 e 65 polegadas. Mas, a companhia também deve apostar em televisores de tela imensa - com mais de 65 polegadas. Uma pesquisa com consumidores latinos revela que tamanho é documento para os consumidores. Essa característica está no TOP 3 de importância, atrás apenas de qualidade de imagem (#1) e conexão coma internet (#2).

Samsung TV 8K

BTW: a gente também viu o Smart Hub, que basicamente é uma geladeira com um tablet na porta. O painel tátil pode gerenciar a vida da sua família (sério, com calendário e restrições alimentares). O smart refrigerador também tem três câmeras internas para você ver o que tem na geladeira sem abrir a porta. A Smart Hub chega primeiro no México e Colômbia, mas pode dar as caras no Brasil no ano que vem, segundo os executivos da empresa. Também rolou demo de ar condicionado e outras traquitanas.

Family Hub

Ma che?!

Além dessa integração toda, o fórum também teve a presença especial da linha de smart TVs da marca para 2018. Com alguns aparelhos que não podemos falar que existem, por isso, não falaremos. O que a gente pode falar é que a empresa vai mesmo lançar TELAS IMENSAS na linha QLED. Ah, teve um boato de que o Galaxy S9 acabou passado por Roma, mas não conseguimos trombar com ele durante o fórum. Bom, em Barcelona a gente já revelou tudo o que você sempre quis saber (e que ainda não tinha vazado) sobre ele, né?

* O repórter viajou para Roma a convite da Samsung

Curtiu o texto? Saiba que isso é só um gostinho do que é publicado diariamente na newsletter do The BRIEF, que traz as principais notícias do mercado de tecnologia pra você, todas as manhãs. É serious, é business, mas com um jeitão bem descontraído (#mozão). Para assinar, é só clicar ali -> aqui

Sua vez, Bixby! Ou por que a Samsung acha que pode liderar em IoT via The Brief

Cupons de desconto TecMundo: