O futuro é agora. Pelo menos isso é o que está por trás do conceito do mais novo modelo de carro divulgado pela Volkswagen. Chamado de I.D. Vizzion, o veículo dispensa até a necessidade de motorista, já que não tem sequer volante.

O modelo faz parte de um plano maior do Grupo Volkswagen ao investir em motores elétricos como principal atrativo dos novos modelos apresentados ao mercado. 

A tecnologia do novo ID Vizzion

Em linhas gerais, o desenho do ID Vizzion lembra um pouco o Sedan. Porém, é a tecnologia que o diferencia de qualquer outro modelo já lançado até hoje. A ideia é que o veículo seja conduzido por um sistema de inteligência artificial integrado e atenda ao comando de voz dos passageiros de modo totalmente independente. 

O mesmo sistema interno combina sensores e softwares de análise para que o carro funcione perfeitamente, apesar de toda a movimentação do seu entorno; ele também é capaz de guardar preferências dos usuários e salvar rotas recorrentes na hora de iniciar novas corridas. Ao anunciar o novo modelo, a montadora afirma que:

O sistema elétrico torna o carro uma alternativa limpa no trânsito, e o sistema de controle de direção que funciona de modo automático possibilita segurança e conforto em movimento

A mudança em relação aos modelos comuns de automóveis é tão visível que ele sequer tem controles visíveis em seu interior. O ID Vizzion dispensa que uma única pessoa conduza o carro; qualquer passageiro pode comandá-lo.

A força que move o carro autônomo da Volks

Para dar conta dos mais de 600 km com carga elétrica que a marca promete, houve investimento em baterias de íons de lítio de 111 kWh. A velocidade que o I.D. Vizzion pode atingir com tal potência é de até 180 km/h. 

O plano faz parte de um projeto maior do Grupo Volkswagen, que espera tornar todos os seus modelos com motores elétricos até 2030. Só a Volkswagen espera apresentar 25 modelos elétricos até 2025. 

Cupons de desconto TecMundo: