Apple anunciou, recentemente, que durante o ano de 2018 vai disponibilizar baterias a preços reduzidos para iPhones 6 e modelos mais atuais. Isso se deve a reclamações quanto ao desempenho das peças, bem como ao modo usado pela Apple para se comunicar com os clientes a respeito da manutenção e da saúde das baterias. As polêmicas decorrentes desse tema também intensificaram movimentos para que seja possível fazer reparos e substituições de peças de maneira independente.

Após confirmação de que os modelos 6 e 6s estavam apresentando defeitos de bateria, consumidores entraram com processos contra a empresa. Posteriormente, a Apple publicou um pedido de desculpas, junto com um comunicado intitulado iPhone Battery and Performance. Junto às medidas, está a substituição da bateria com um desconto de US$ 50, passando de US$ 79 para US$ 29.

1

No documento citado acima (acesse aqui), são elencadas várias informações sobre as baterias para iPhone e como as preservar melhor. Um exemplo é a dica que trata de evitar exposição do aparelho aos ambientes com altas temperaturas. Seria importante evitar exposição do iPhone a ambientes com temperaturas acima de 35 °C. Já em ambientes muito frios, pode ser observada uma duração de bateria mais curta, mas esse comportamento seria apenas temporário.

Simultaneamente, ganha força o movimento para passar leis que permitam os reparos independentes, nos Estados Unidos. Desde que os descontos nas baterias foram anunciados, a procura por substituições aumentou muito, e o movimento “Right to Repair” seria uma solução para que essa compra pudesse ser feita em várias lojas, com um preço até mais barato. Em outras ocasiões, a Apple e outras grandes companhias já se posicionaram contrárias ao movimento.

2

Os 17 estados lutando por legislações voltada a esse direito do consumidor são: Hawaii, Illinois, Iowa, Kansas, Massachusetts, Minnesota, Missouri, Carolina do Norte, Nebraska, New Hampshire, New Jersey, Nova York, Oklahoma, Tennessee, Virginia, Vermont e Washington.

Ainda não é possível prever se essas legislações serão aprovadas, mas o movimento nessa direção está com certeza se intensificando e tornando o cenário mais desafiador para a Apple. Aqueles que apoiam acreditam que os preços das peças ficarão menores para o consumidor, além de existirem, com isso, mais opções e liberdade na hora de buscar reparos.  

Cupons de desconto TecMundo: