Estudo diz que 4 milhões de Bitcoins podem ter se perdido para sempre

1 min de leitura
Imagem de: Estudo diz que 4 milhões de Bitcoins podem ter se perdido para sempre
Fonte: Steemit
Avatar do autor

Uma pesquisa do mercado de blockchain feita pela firma Chainalysis revelou algo nada animador para quem investe em Bitcoins. Segundo os dados publicados na revista Fortune, entre 2,78 e 3,79 milhões das famosas criptomoedas estão completamente perdidas – números que equivalem a de 17% a 23% de todas as Bitcoins existentes.

Em sua maior parte, as perdas seriam resultado das primeiras emissões feitas com essas moedas, lá na época em que elas valiam poucos centavos; de fato, 100% das moedas originais teriam sido perdidas. Com elas tendo alcançado valores recorde de US$ 9 mil, é claro, não deve ser surpresa saber que não houveram perdas nas moedas mineradas em 2017.

Quanto às moedas usadas em transações ou em investimentos estratégicos? Dessas, espera-se uma perda de apenas 4%, no total.

Gráfico de Bitcoins perdidas

Seja como for, isso leva a um fato bastante preocupante: as Bitcoins podem ser mais escassas do que nós pensamos. Há também a possibilidade de que o mercado já esteja levando essas moedas perdidas em consideração, o que torna o impacto dessa falta de moedas ainda mais difícil de prever.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Estudo diz que 4 milhões de Bitcoins podem ter se perdido para sempre