De acordo com um relato do site chinês MyDrivers,Xiaomi e a Oppo estariam trabalhando com a Qualcomm a fim de integrar uma tecnologia de reconhecimento facial similar à que a Apple entregou no iPhone X, conhecida como Face ID.

Fora essas duas empresas, rumores de que a Samsung também estaria interessada nesse mesmo sistema da Qualcomm já pipocaram na web. Ainda assim, não se sabe exatamente como esse suposto sistema funcionaria nem como ele se diferenciaria do Face ID da Maçã.

Seja como for, o MyDrivers diz que Xiaomi e Oppo estariam trabalhando com a Qualcomm para trazer a tecnologia para seus tops de linha já no ano que vem. Ou seja, a próxima geração de smartphones dessas duas fabricantes chinesas já deve contar com o recurso.

Desenvolvimento

Ainda de acordo com o rumor, a Qualcomm teria desenvolvido a tecnologia para reconhecimento facial 3D em parceria com uma empresa chamada Wonder Vision, e o sensor propriamente dito estaria sendo fabricado pela Reliance Optoelectronics. Pelo que parece, esse componente entraria em produção massiva entre março e abril de 2018, podendo chegar a smartphones nas mãos dos consumidores nos meses seguintes.

É possível que vejamos vários smartphones a partir de 2018 com reconhecimento facial 3D chegando ao mercado

Fora essas três fabricantes de celular que pretendem usar a tecnologia da Qualcomm, a Huawei estaria trabalhando em uma solução similar para reconhecimento facial 3D em parceria com a Sunny Optical Technologies. Além dela, uma outra empresa chinesa conhecida como Ophelia Optical Technology ainda estaria desenvolvendo sua própria tecnologia similar ao Face ID.

Com tudo isso acontecendo, é possível que vejamos vários smartphones a partir de 2018 com reconhecimento facial 3D chegando ao mercado. Isso é curioso pelo fato de esse tipo de biometria não ser considerando exatamente novo. Smartphones Android contam com o recurso há vários anos, mas não conseguem fazer o reconhecimento de forma tridimensional por não terem hardware especializado.

Com o advento do Face ID do iPhone X, a Apple pode ter iniciado uma nova onda de identificação biométrica mobile antes mesmo que o leitor que digitais operante diretamente na tela se torne popular.

Cupons de desconto TecMundo: