Uma pesquisa realizada pela Reticle Research em parceria com o The Verge revelou que a Apple deixou de ser a queridinha dos norte-americanos quando o assunto é grandes empresas de tecnologia. No lugar da Maçã, agora reinam Amazon e Google.

Essas duas companhias lideraram praticamente todos os tópicos do estudo, e muita gente expressou mais sentimentos negativos em relação à Apple do que a qualquer outra grande empresa do segmento. Nesse aspecto, a Maçã anda lado a lado com o Facebook.

Foram entrevistadas mais de 1,5 mil pessoas em todo o país entre 28 de setembro e 10 de outubro.

15% dos norte-americanos revelaram que não se importariam se a Apple desaparecesse do mercado amanhã

Ao responderem se recomendariam produtos de grandes empresas para amigos e familiares, a Apple ficou novamente atrás de Amazon e Google, sendo que essas duas companhias receberam 90% de respostas do tipo “recomendaria com certeza”.

15% dos norte-americanos ainda revelaram que não se importariam de maneira alguma se a Apple desaparecesse do mercado amanhã, junto com todos os seus produtos e serviços. Mais uma vez, Google e Amazon lideram esse tópico, com a Microsoft em terceiro, Apple em quarto e o Facebook em quinto.

Segundo o The Verge, essa perda de interesse dos norte-americanos na Apple não é diretamente um reflexo de coisas ruins que a companhia estaria fazendo. Seus iPhones continuam vendendo muito e seus produtos de hardware no geral são muito bem aceitos. Contudo, suas adversárias conseguiram se tornar muito mais essenciais para a vida dos usuários, o que teria deixado a Maçã de escanteio.

The vergeQuanto você se importaria se as seguintes companhias desaparecessem amanhã?

A Google, por exemplo, está presente na vida de praticamente todo mundo que utiliza a internet em de alguma forma. A empresa é a grande referência mundial em buscas, em email, em navegador web e controla também o sistema operacional mobile mais popular do mundo, o Android. O YouTube também é da Google, assim como o Maps. Para completar, a Gigante de Mountain View vem entrando cada vez mais ousadamente no segmento de hardware, tendo lançado recentemente sua segunda geração de smartphones, bem como notebooks, aparelhos VR e outros que realmente impressionaram os consumidores e os reviewers.

Boa parte dos consumidores sequer pensa em pesquisar preços em outro lugar que não na Amazon

A Amazon, por sua vez, é essencialmente a Google das compras nos EUA. Apesar de ela não ter uma presença significativa no mercado brasileiro, por lá, boa parte dos consumidores sequer pensa em pesquisar preços em outro lugar que não na Amazon. Essa companhia ainda agrada os compradores com políticas de devolução simplificadas, tratamento exemplar ao cliente e por aí vai. Ela também é referência para leitores de livros físicos e digitais e o seu serviço “Prime” entrega um monte de benefícios os usuários.

A Apple, por sua vez, está presa aos mesmos segmentos de atuação há anos, e seus produtos com preços proibitivos acabam não virando referência generalizada, como é o caso das coisas que suas adversárias oferecem. Em resumo, as concorrentes da Maçã se tornaram essenciais para a vida dos norte-americanos, enquanto ela mesma se mostra muitas vezes dispensável.

Cupons de desconto TecMundo: