As informações a respeito da próxima empreitada da Microsoft no mundo mobile andam surgindo em peso pela web. Depois de rumores apontarem para um gadget dobrável, com telas de ambos os lados e capaz de fazer ligações, o novo boato sobre o projeto da empresa leva o conceito de “teremos celulares que não se parecem nada com os celulares de hoje” a um novo patamar.

De acordo com fontes anônimas da indústria, a companhia de Redmond estaria trabalhando em um dispositivo móvel que combina o poder dos processadores ARM 64 à mais nova versão da C-Shell. Ok, mas o que isso quer dizer na prática? Basicamente que eles podem estar próximos de colocar no mercado um tablet ou smartphone – ou, ainda, algo próximo a esses equipamentos – capaz de rodar a versão completa do Windows 10 em uma roupagem totalmente responsiva para o ambiente mobile.

Segundo as informações obtidas pelo youtuber Brad Sams, o aparelho misterioso está sendo desenvolvido sob o codinome Andromeda e estaria sob o comando de Alex Kipman. Sim, o brasileiro por trás do Kinect e do HoloLens seria o responsável por levar adiante essa iniciativa tão importante para a Microsoft.

Sams revela ainda que o brinquedinho deve ter um preço semelhante ao do Surface Book e não será um dispositivo único, mas sim uma base para que parceiros possam fazer a sua própria versão do gadget. Vale notar, no entanto, que nada disso foi confirmado pela empresa e que mesmo com tantos detalhes, projetos como esse podem acabar nunca vendo a luz do dia – de forma semelhante às patentes do setor de tecnologia.

Cupons de desconto TecMundo: