(Fonte da imagem: Megaupload / Reprodução)

O fechamento do Megaupload pelo FBI pode ter sido uma represália por parte das gravadoras contra o novo modelo de negócios que Kim Dotcom estava planejando. A revelação dos planos do fundador do site indica que uma possível revolução no mundo da música estava a caminho, antes de ser freada pela indústria fonográfica.

Segundo informações lançadas na imprensa especializada, Kim Dotcom planejava criar um site chamado Megabox. A página permitiria aos artistas vender as suas canções diretamente para o público e pagaria 90% das receitas para os proprietários da música.

Além disso, outro modelo de negócios, batizado de Moviekey, já testado junto aos visitantes do Megaupload, permitira remunerar os artistas até mesmo pelos downloads gratuitos. Dotcom teria afirmado ainda que o novo site entraria no ar neste ano, tinha como um dos sócios a Amazon e bateria de frente com a iTunes Store, da Apple.

A iniciativa do Megauplod seria a justificativa para que músicos como Kanye West, Alicia Keys, Will I Am e Snoop Dog apoiassem o site dando declarações em um vídeo publicado no ano passado. Imediatamente, a Universal Music conseguiu retirar as imagens do YouTube, mas a Google o colocou novamente no ar alegando que a gravadora não possuía os direitos autorais sobre o conteúdo.

Cupons de desconto TecMundo: