(Fonte da imagem: Reprodução)
O famoso site de compartilhamento Megaupload foi fechado na tarde desta quinta-feira (19). O Departamento de Justiça dos Estados Unidos, responsável pela façanha, acusa a empresa de lavagem de dinheiro, crime organizado e, claro, de infringir direitos autorais. De acordo com o Verge, mais de 18 sites relacionados ao Megaupload também foram banidos. 

Kim Dotcom, fundador do Megaupload, e sua equipe teriam conseguido mais de 175 milhões de dólares a partir de atividades ilegais e devem cerca de 6 bilhões de dólares em direitos autorais, segundo as acusações.

O FBI também estaria de olho em alguns brinquedinhos de Dotcom: um Maserati, um Rolls Royce e diversas Mercedes-Benz. Em um post no Twitter, Rick Shera, advogado do Megaupload, afirma que a mansão de Kim Dotcom, na Nova Zelândia, estaria completamente cercada por policiais.

Seis pessoas, além do próprio Kim Dotcom, foram presas nesta operação que, de acordo com o Departamento de Justiça, seria o maior caso de crime de quebra de copyright que já aconteceu nos Estados Unidos.

Se você tiver interesse — e paciência — , pode ler o processo na íntegra, em inglês, aqui.

Na hora da SOPA

O que mais chama a atenção nessa história toda é o timing praticamente perfeito da ação do FBI. Ontem mesmo, diversos sites protestaram contra a lei da SOPA, que prevê medidas rígidas contra a pirataria. Saiba mais sobre o projeto de lei aqui. 

É guerra!

Em resposta ao fechamento do Megaupload, o Anonymous segue, desde o começo da noite desta quinta-feira, um ataque em massa contra sites de gravadoras e de orgãos do governo. Desta vez, nem mesmo o site do FBI saiu ileso. Para muitos internautas que acompanham a ação pelo Twitter, este pode ser o começo da primeira guerra virtual. Em breve, mais informações. 

Cupons de desconto TecMundo: