[Atualizado]

Um pedido de liminar que suspende o bloqueio das vendas dos sites Submarino, Americanas e Shoptime foi aceito nesta tarde pela Justiça de São Paulo. Isso significa que os três sites continuarão a funcionar normalmente, ao contrário do que havia sido determinado anteriormente pelo Procon-SP.

Em notal, a B2W, empresa mantedora dos sites, afirmou que a decisão de tirar os sites do ar por 72 horas, tomada pelo Procon-SP, é infundada e o valor de 1,74 milhão, desproporcional.

[Notícia original]

Submarino, Americanas.com e Shoptime – três dos principais sites de vendas online do Brasil – estarão suspensos por três dias (de quinta-feira até sábado desta semana). Durante o período, nenhum consumidor vai conseguir acessar as páginas das lojas virtuais, que mostrarão apenas uma mensagem explicando os motivos que impedem o seu funcionamento.

Segundo o Procon-SP, a decisão foi tomada para punir a B2W Companhia Global de Varejo (empresa responsável pelos três sites), que têm sido frequentemente acionada na justiça por causa de atrasos nas entregas dos pedidos e também de defeitos nos produtos entregues para os consumidores. Em novembro de 2011, o Procon já havia notificado a B2W, que recorreu da punição e agora perdeu novamente.

Segundo mostrado pela Band, em 2010 a B2W foi acionada em 2.224 ações no Procon. Em 2011, o número aumentou para 6.233, o que significa um crescimento de 180% nas reclamações. Além da suspensão de três dias no funcionamento, a empresa terá de pagar uma multa de quase 2 milhões de reais (R$: 1.744.320).

Cupons de desconto TecMundo: