Em um evento realizado na manhã desta terça-feira (18) em São Paulo capital, a LG finalmente oficializou a chegada do seu híbrido SlidePad às gôndolas brasileiras. O produto, que já estava disponível há algum tempo atrás em certas lojas varejistas virtuais, passa a ser distribuído de forma mais abrangente a partir de hoje, sendo totalmente produzido na fábrica de Taubaté.

De acordo com Dolf Wiemer, gerente de produto da LG Eletronics no Brasil, “as pessoas gostam de coisas funcionais que possam se adaptar à necessidade delas no momento em que precisam, sem ter que ficar trocando de um equipamento para outro”. Por isso, a companhia apresenta uma solução acessível e que permite ao usuário alternar de forma extremamente rápida entre o modo tablet e o modo notebook.

A campanha de divulgação, batizada como “Não navegue, slide”, também passará a ser veiculada em todo o território nacional a partir de hoje, tendo dois comerciais televisivos como principais peças publicitárias. Ambos focam na principal funcionalidade do conversível: o botão Auto Slide, responsável por esconder e revelar o teclado do dispositivo.

Confira as especificações do gadget:

  • Processador Intel Atom Z2760 dual-core de 1,8 GHz;
  • Display tátil de 11 polegadas e alta resolução com tecnologia IPS;
  • 2 GB de memória RAM;
  • 64 GB de armazenamento interno (eMMC);
  • Câmera de 2 MP;
  • Conexão HDMI, USB, micro USB, WiFi, Bluetooth 4.0, fone de ouvido e leitor de cartões microSD;
  • Bateria com 12 horas de autonomia (modo avião).

Aparelho é produzido em fábrica localizada em Taubaté (Fonte da imagem: Reprodução/TecMundo)

Para se divertir e trabalhar

Embora o SlidePad seja um aparelho razoavelmente grande (11 polegadas), manejá-lo é uma tarefa bastante confortável devido ao seu peso reduzido (cerca de 1,05 kg). Por contar com um teclado embutido em sua traseira, o gadget não é tão fino em sua forma de tablet, tendo aproximadamente 16 mm de espessura – nada que atrapalhe ou incomode o usuário em sessões mais longas de utilização.

O diferencial do dispositivo fica realmente por conta do botão “Auto Slide”, localizado na lateral esquerda do produto. Ao pressioná-lo, um mecanismo automático desliza o display e revela o teclado de uma forma bem elegante. De uma forma geral, digitar no SlidePad também se mostrou algo bem tranquilo e agradável. As teclas são macias e bem espaçadas, o que evita os tão temidos erros de digitação.

Quem está sempre produzindo conteúdo e precisa escrever textos longos com bastante frequência certamente se sentirá em casa utilizando o conversível. Apenas será necessário reservar um pouco de tempo para se acostumar com a falta do touchpad, realizando movimentos diretamente na tela sensível ao toque.

Teclado do SlidePad tem botões macios e confortáveis (Fonte da imagem: Reprodução/TecMundo)

Não cabe mais nada?

Um dos principais pontos negativos no SlidePad é a capacidade de armazenamento reduzida do dispositivo. Teoricamente, o gadget possui 64 GB em formato eMMC (embedded MultiMedia Card), mas os aparelhos disponibilizados para testes exibiam pouco mais de 50 GB pelo arredondamento de memória. Com o espaço ocupado pelo sistema operacional e apps nativos (como o LG SmartShare e outros softwares adicionais), o consumidor acaba ficando com míseros 33 GB.

Obviamente, isso é muito pouco para quem pretende fazer um uso intensivo do produto em sua forma de notebook. Fica praticamente obrigatória a adoção de um HD externo ou de cartões micro SD para aumentar essa capacidade tão pequena. Talvez valesse a pena deixar o híbrido um pouco mais pesado (e levemente mais caro) implantando um SSD de, pelo menos, 128 GB.

Dispositivo decepciona no quesito armazenamento (Fonte da imagem: Reprodução/TecMundo)

Travas problemáticas

Transformar o SlidePad em notebook é uma tarefa fácil. Fazê-lo voltar a ser tablet, contudo, não é. O mecanismo deslizante, além de parecer um tanto frágil, não se mostra tão eficiente na hora de esconder o teclado. Demorou um pouco até que nós nos acostumássemos com a forma correta de fechar o aparelho; ainda assim, só foi possível encaixar as travas com sucesso tendo o gadget apoiado em uma mesa e exercendo força excessiva na tela ao toque.

Conclusão

Em suma, o SlidePad é um aparelho que certamente tem potencial para angariar um público respeitável no segmento de tablets conversíveis, mesmo com as pequenas falhas citadas anteriormente. A novidade chega às gôndolas brasileiras com o preço sugerido de R$ 2,5 mil; um valor bastante acessível, se compararmos com outros produtos da mesma categoria (como o Dell XPS 12 e o ASUS Taichi 21).

Confira mais imagens do gadget na galeria abaixo e continue acompanhando as novidades do Tecmundo, pois em breve teremos a análise completa e em vídeo do dispositivo.

Cupons de desconto TecMundo: