Um celular que nunca mais precise ser carregado na tomada. Esse deve ser o sonho de 9 entre 10 usuários de smartphone. E é o que quer realizar a Kyocera com seu novo protótipo apresentado na MWC 2015, conforme já havíamos mostrado aqui no TecMundo.

O aparelho, que é carregado ao receber luz, tanto solar quanto artificial, foi desenvolvido pela Kyocera com a ajuda da Sunpartner, responsável pela criação da tecnologia chamada Wysips. Ao contrário de outros dispositivos movidos à luz, que usam células solares afixadas ao aparelho, esse protótipo usa uma película com 0,1 mm de espessura, que é instalada abaixo de seu visor.

A película que capta a luz não afeta a visualização da tela, pois possui 90% de transparência. Também não altera o design do aparelho nem as funções de touch por sua espessura minúscula. O dispositivo apresentado pela Kyocera, inclusive, é um modelo já antigo, o Kyocera Torque, já adaptado para essa funcionalidade.

Mas será que, na prática, isso funciona?

Porém, dúvidas ainda pairam no ar. Afinal, o quanto de energia a tecnologia Wysips é capaz de produzir? Muito provavelmente não é possível suprir aparelhos de tecnologia de ponta que usam muita bateria, mas dispositivos que exijam menos, como smartphones simples, smartwatches, tablets e outros, devem cumprir a promessa da Kyocera, afinal, a película que capta a luz pode funcionar em tamanhos de 3 a 13 polegadas.

Resta saber o quanto essa tecnologia vai pesar nos nossos bolsos, visto que praticamente todas as tentativas de se desenvolver um dispositivo eletrônico portátil que usa luz como fonte de energia se provaram pouco vantajosas ou então caríssimas.

Cupons de desconto TecMundo: