Que tal experimentar outras formas de conectividade aos seus iOS? (Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Há algum tempo, publicamos por aqui uma lista composta softwares alternativos ao iTunes, um gerenciador e reprodutor de mídias desenvolvido pela Apple especialmente para sua linha de iGadgets. Mas por que usar um software "não oficial" para transferir, por exemplo, vídeos ao seu iPhone? Fato é que alguns usuários encontram, por vezes, dificuldades na transferência de dados para os seus aparelhos carimbados pela Maçã.

Duvida? Pois experimente digitar a frase “alternativas ao iTunes” no Google. Vários resultados serão exibidos. Deve-se destacar, contudo, que os softwares mencionados a seguir não foram desenvolvidos com o intuito de soterrar o reprodutor da Apple. O iTunes é um gerenciador robusto; negar isso de forma enérgica não parece ser uma das posturas mais adequadas quando se pensa em todo o “cosmos tecnológico”  inaugurado por Jobs.

Assim, se você busca um programa alternativo capaz de se comunicar com o seu iPad, iPhone ou iPod, as sugestões listadas a seguir poderão lhe ser bastante úteis. E novamente: não se trata aqui de reduzir às cinzas o tocador de mídias da Maçã e endeusar um ou outro mecanismo de gerenciamento de arquivos. Trataremos de apresentar opções secundárias a quem gosta de experimentar novas ferramentas capazes de, por um ou outro motivo, melhor satisfazer determinadas necessidades.

1) MediaMonkey: um sincronizador gratuito

Totalmente personalizável, a mais nova versão deste aplicativo permite a sincronização entre as suas bibliotecas de arquivos (estejam elas hospedadas em qualquer iGadget), possibilita a organização de mídias de forma bastante intuitiva e o melhor: é de graça. MediaMonkey é, antes mesmo de uma alternativa ao iTunes, um reprodutor bastante arrojado de mídias (confira a descrição completa deste player clicando aqui).

A versão atualizada deste aplicativo está ainda mais dinâmica. (Fonte da imagem: Reprodução/MediaMonkey)

Vale lembrar que este software é compatível apenas com o Windows e não encontra grandes problemas de compatibilidade com a última versão do reprodutor de mídias desenvolvido pela Apple. Arquivos de áudio, vídeo, textos e fotos podem ser facilmente exportados ao seu dispositivo por meio da mais recente versão deste programa.

2) iHandler: conecte suas livrarias

Você naturalmente já conhece o iTunes e possui, nele, uma gama de arquivos. Que tal, então, conectar a sua biblioteca às preferências de iHandler? Antes, contudo, de utilizar as funções disponibilizadas por este programa, o download de Adobe AIR (clique aqui) deverá ser feito – aplicativo que serve como base para a interface de iHandler.

Sincronize suas bibliotecas por meio de comandos simples. (Fonte da imagem: Divulgação/Baixaki)

Instalada a extensão citada, exporte os arquivos desejados de seu iTunes no formato XML para um lugar qualquer em seu computador. Execute o iHandler, localize o atalho em sua biblioteca e pronto: os recursos deste software poderão ser usados normalmente como alternativa ao gerenciador da Apple.

3) iTools: um player dinâmico com uma interface intuitiva

Este é um dos softwares mais bem conceituados por quem utiliza ferramentas alternativas ao iTunes. Além de possuir uma interface intuitiva e, por isso, ser capaz de proporcionar ao usuário bastante agilidade na hora de gerenciar determinadas mídias, o iTools possui um conversor do formato MP3 para a extensão M4R – extensão-padrão dos arquivos de áudio executados pelos produtos da Apple.

Um dos softwares mais bem conceituados do gênero. (Fonte da imagem: Divulgação/Baixaki)

Este aplicativo exibe ainda o status das memórias do seu aparelho; todos os arquivos armazenados em seu iGadget são também listados logo na página inicial de iTools. Para enviar músicas, fotos, livros digitais ou quaisquer outras extensões compatíveis com os dispositivos da Maçã, basta navegar pelas abas da lateral esquerda deste software.

4) Sonora: ouça o formato MP3 em seu Mac

Esta alternativa é capaz de reproduzir arquivos MP3, FLAC, AAC, MP4, WAV, OGG, AIFF e tantos outros em seu Mac. E sim: a biblioteca do iTunes pode ser sincronizada a esta versátil ferramenta. Você pode organizar fácil e rapidamente suas músicas e criar listas de reprodução por meio do comando “Playlists”.

Elegância é um dos pontos altos deste programa. (Fonte da imagem: Divulgação/Baixaki)

    Assim, se você deseja explorar as opções deste aplicativo, ter como tocador de músicas um player elegante e conectar ao seu Mac dispositivos móveis desenvolvidos também pela Maçã, Sonora é certamente uma excelente opção. Mas atenção: este programa é gratuito para testar e roda apenas em computadores pessoais da Apple.

    5) Tomahawk: uma alternativa gratuita

    Sua intenção é reproduzir mídias em seu Mac e conectar-se também a alguma das mais populares redes sociais da atualidade? Pois o player Tomahawk, totalmente gratuito e forjado especialmente para os computadores da Apple, pode ser traduzido como um “reprodutor multimídia social”. Reproduza arquivos diretamente de pendrives ou a partir de qualquer outro mobile da Maçã em instantes e fique logado, ao mesmo tempo, nas redes Jabber ou Twitter.

    Gratuito, este programa é capaz de conectar-se ao Twitter. (Fonte da imagem: Divulgação/Baixaki)

      E que tal sintonizar uma ou outra rádio? Com este programa, ouvir músicas transmitidas por estações online também é possível. Fique conectado às suas redes sociais, organize listas de reprodução, importe suas bibliotecas de mídias para este aplicativo e desfrute assim de uma infinidade de recursos oferecida por uma ferramenta gratuita.

      6) J. River Media Center 16: uma central de entretenimento

      Compatível com dispositivos da Apple, o J. River Media Center 16 conta com recursos agradáveis de personalização de interface, possibilita conexão ao YouTube, Facebook, Twitter, Netflix e demais redes sociais e reproduz as seguintes extensões de mídia: MP3, MPA, OGG, RAM, RA, MPC, MPC, APE, FLAC, WAV, WMA, AVI, MPEG, MPG, MP4, WMV, DIVX, VOB, MOV, FLV, BMP, GIF, JPG, JPE, JPEG, PNG.

      Reproduza uma infinidade de extensões. (Fonte da imagem: Divulgação/Baixaki)

      Este programa, definitivamente uma das mais versáteis alternativas ao iTunes, é capaz de proporcionar aos seus usuários uma experiência diferenciada no quesito reprodução de músicas: sempre que outra faixa é selecionada, um efeito de fade in e fade out pode ser ouvido. A versão disponível para download pode ser testada por até 30 dias tanto em máquinas da Apple como em PCs com o Windows instalado.

      ....

      Você costuma utilizar outras alternativas ao iTunes? Deixe suas sugestões nos comentários abaixo e nos ajude, assim, a construir um Tecmundo cada vez mais atualizado e democrático.

      Cupons de desconto TecMundo: