Os processadores para a próxima geração de iPhones e iPads serão fabricados pela Samsung, informou o site Re/code nesta semana. Nos últimos meses, debates sobre a empresa que será responsável pela produção de chips A9 foram calorosamente travados – de acordo com a Nasdaq, a empresa sul-coreana produziria 75% dos componentes; a Taiwan Semicondutor Manufacturing Company (TSMC) ficaria encarregada pelos 25% restantes.

Fato é que a geração atual de iPhones 6 conta com processadores A8 e A8X, ambos fabricados pela Samsung e pela empresa taiwanesa; a maioria das encomendas feitas pela Apple em 2013, porém, foi atendida pela TSMC. Apesar de não haver confirmação oficial por parte de empresa alguma, especula-se também que os chips A9 já começaram a ser produzidos pela “Sammy” (este rumor veio à tona ainda em dezembro do ano passado, lembra-se?).

Menor e mais econômico 

Os próximos processadores da “Maçã” terão 14 nanômetros; menor, o componente deverá também consumir menos energia. Ainda segundo o Re/code, a Samsung possui superioridade tecnológica sobre a TSMC. “A empresa sul-coreana foi capaz de reduzir o tamanho dos transistores dos chips para 14 nanômetros, gerando mais poder de processamento em menos espaço e consumindo também menos energia; [o processador da] TSMC tem ainda 20 nanômetros”, informa o portal.

Vale lembrar ainda que Kinam Kim, presidente da Semiconductor Business e chefe do departamento de sistemas LSI da Samsung, disse em outubro de 2014 que os lucros da companhia iriam aumentar devido à produção de chips com 14 nanômetros. A arquitetura dos futuros iPhone e iPad é desconhecida, mas o chip A9 sugere fortemente implementações, por exemplo, às câmeras dos aparelhos.

Cupons de desconto TecMundo: