Lá está você, em um passeio qualquer por um shopping ou outro lugar qualquer, quando encontra, em uma loja de eletrônicos, um iPhone novinho em folha, ainda na caixa plastificada, sendo vendido a preços baixíssimos. Seria esse um aparelho falsificado ou apenas um dia de sorte? Nenhum dos dois, na verdade: é provável que se trate apenas de um smartphone usado disfarçado de novo, como o vídeo abaixo mostra bem.

No registro, uma chinesa faz todo o processo de preparar um iPhone 5s para deixá-lo com cara de um smartphone novinho. Primeiro, ele é limpo com um pano para que fique sem marcas; depois, ela adiciona películas de proteção (aquelas que você tira do seu celular assim que abre a caixa) na tela e na carcaça do aparelho, novamente seguidas de uma cuidadosa limpeza de marcas de dedos.

Obviamente, isso não vai funcionar se o dispositivo estiver com maiores danos. Contudo, em um caso desses, normalmente o aparelho recebe componentes novos para deixar seu exterior parecendo perfeito. E se algum item da caixa estiver faltando de seu ex-dono? Simples: ela já tem novos cabos, fones e carregadores prontos para substituí-los, como se fossem do modelo original.

Entretanto, nada disso impressiona mais do que a parte de colocar a embalagem plástica ao redor da caixa. Para isso, primeiro é utilizada uma embalagem comum, um pouco maior do que a caixa em si; então, com a ajuda de uma cortadora térmica, a mulher apara cada cantinho que sobra. Depois é só usar um soprador térmico para alisar a superfície do plástico e, em apenas 5 minutos, temos um iPhone velho com cara de novo.

Depois dessa, a mensagem que fica é uma só: não se deixe enganar pelas aparências. Se um iPhone parecer barato demais para ser verdade quando o próprio CEO da Apple admite que eles são caros, quem sai perdendo nessa compra provavelmente é você.

Cupons de desconto TecMundo: