Depois de algum tempo de rumores, parece que as suspeitas finalmente se confirmaram: a Apple vai mesmo abrir mão das telas LTPS e finalmente entrar no mundo dos OLEDs em seus próximos smartphones. As novidades foram confirmadas pelo presidente da Sharp – companhia que, vale notar, já havia sido apontada como uma das empresas a ajudar na fabricação dos painéis, junto da Samsung.

“O iPhone tem evoluido e agora está mudando do LTPS para os painéis OLED”, disse Tai Jeng-Wu aos estudantes da Tatung University, durante uma cerimônia em que o executivo recebeu seu doutorado. “Nós não sabemos se os iPhones OLED da Apple vão ser um acerto, mas se a Apple não seguir esse caminho e transformar a si mesma, não vai haver inovação. Essa é uma crise, mas também uma oportunidade”, continuou ele, segundo o site Nikkei.

Crescer é preciso

É importante notar, porém, que a Sharp não possui atualmente instalações capazes de suprir a demanda da Apple. Para complicar ainda mais, a empresa de Steve Jobs ainda parece querer ter maior controle da produção dos painéis e, para isso, quer que a companhia fabrique os painéis OLED em terras norte-americanas.

Felizmente, a Sharp tem planos para isso e já está agindo. Segundo Tai, a companhia já estaria construindo fábricas para suprir as necessidades da Maçã. “Nós agora estamos construindo uma nova fábrica [OLED] no Japão. Nós podemos fazer [painéis OLED] nos EUA também. Se nosso cliente chave demanda que a fabricação seja feita nos EUA, é possível para nós não fazê-lo?”, explicou.

O iPhone tem evoluido e agora está mudando do LTPS para os painéis OLED

Por último, mas não menos importante, fica a pergunta: será que veremos isso presente já no próximo iPhone? Tai infelizmente não confirmou nada sobre o assunto, mas deixou claro que a Sharp ainda está comprometida a investir nessa tecnologia.

Considerando que a empresa ainda está apenas começando a criar sua infraestrutura para painéis OLED, fazendo com que a produção dependa completamente da Samsung, pode ser que isso acabe se atrasando apenas para o próximo celular da Maçã. Mas é esperar para descobrir.

Cupons de desconto TecMundo: